top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia - Gente com cheiro de mato e alma de estrela, por Cláudia Finotti

Atualizado: 21 de jan.

Domingo no Blog do Alex Fraga é dia de poesia com a escritora e poeta de Campo Grande (MS), Cláudia Finotti, com "Gente com cheiro de mato e alma de estrela".


GENTE COM CHEIRO DE MATO E ALMA DE ESTRELA

(Cláudia Finotti)


Sou gente com cheiro de mato

e muito pelo de gato

pela roupa toda.


Sou quintal com pés de frutas carregados e,

passarinhos cantando soltos.


Sou cheiro de terra molhada

e sol compriiiido

no entardecer.


Sou chão e pés descalços,

Sou céu e sou chuva.

Mergulho em lagoas azuis

sem nenhuma roupa

para me esconder.


“Sou coisas antigas

e outras ainda não inventadas”.

Sou o ar dentro dos pulmões!


Sou de um amor do passado

que hoje é presente

e, se Deus quiser,

será para sempre.


Sou telas de tintas na parede,

desenhos em grafite

e carvão.


Sou mosaico em cimento queimado,

Sou colcha de retalhos

e porta-retratos feito a mão.


Sou Bossa Nova,

Jazz, piano e

violão.


Sou infinitos carregados

de estrelas,

noite de lua e

fogueira acesa no chão.


Sou Clarice Lispector

Jane Austen,

Manoel de Barros,

Simone de Beauvoir

e, livros sempre a mão.


Sou carne e espírito,

pensamento e emoção.


Colho alguns tomates

maduros no quintal

e, acho que posso

salvar o mundo,

ou não !

22 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1 Comment

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Maria de Lourdes da Costa
Maria de Lourdes da Costa
Jun 04, 2023

Me identifico com esta linda Poesia

Parabéns poetisa linda

Like
bottom of page