top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia Filosófica - As perspectivas da humanidade, por Gerson Camargo & Nakasone Coimbra


Terça-feira no Blog do Alex Fraga o primeiro trabalho dessa parceria filosófica e poética entre Gerson Marques Camargo (Rio Brilhante MS) e Nakasone Coimbra



"As perspectivas da humanidade"


Desde longínquas aventuras

Os seres imperfeitos buscaram por perfeição

Do simbolismo às primeiras pinturas

Eles desafiaram a própria criação

E eis que surgiram os contratempos

Quando o desespero clamou por uma aliança

E a carnificina se alastrou pelos campos

Sem nenhuma palavra de confiança

Perdida no meio de tantas culturas

A sabedoria se enganou com as próprias emoções

Do supérfluo a falta de estruturas

A extinção se enamorou das civilizações

Sendo o egoísmo e a mesquinhez meros passatempos

Os jogos de interesses ditaram às mudanças

Nada em planos limpos

Perante a corrupção de tantas nuanças

Debruçado na janela do futuro

Penso nas perspectivas da humanidade

As guerras destruindo nações

À margem da sociedade

Vejo a fome matando milhões...

Na busca pelos novos tempos

A tecnologia prospera e avança

Mas na escassez de alimentos

Vejo o choro de uma criança

O homem faz o seu próprio juízo

Prisioneiro da sua evolução

Constrói castelos e paraísos

Mas não edifica o seu coração

Grandes impérios são construídos

Para uma pretensa sociedade

A filosofia perde o sentido

Aonde não existe amor e felicidade

A humanidade escreve o seu futuro

Mas o mundo sempre quer mais

E a tecnologia traça o seu caminho

Com seus poderes virtuais...


(Gerson Camargo & Nakasone Coimbra)

11 visualizações0 comentário

Comentários

Avaliado com 0 de 5 estrelas.
Ainda sem avaliações

Adicione uma avaliação
bottom of page