• Alex Fraga

Poesia - "Ficção ou Verdade", por Paulo Portuga

Outra estreia no Blog do Alex Fraga nas quartas-feiras no espaço de poesia. Paulo Sérgio da Silva Caiano (Paulo Portuga), poeta, músico, compositor, professor e geógrafo de Dourados (MS). "Ficção ou Verdade" dá o pontapé inicial nos seus poemas.


Ficção ou verdade


Por detrás de todas as sombras O sol novamente vai nascer O céu azul vai fazer Você se levantar e lembrar Da sua desimportância nesse mundo Se você está bem ou mal Pois tudo se desintegra Com o passar do tempo E o que é o viver Senão ser e estar? Ser mil possibilidades Estar em vários lugares De várias formas Com todas as leis E de qualquer jeito.


Eu quebro, eu choro Eu quero voltar Para os braços do meu pai Que me jogou ainda criança Nessa vida torta Na beira da estrada Entre as portas de saída Do céu e do inferno Entre o some ou assume E ainda me disse - Seja alguém! Alguém que eu não consegui ser - Um gato à noite sobre a lixeira Sabe mais sobre a noite Do que você...


E é bem simples assim: Você não veio nesse mundo Só para ser feliz Tem muita dor e tristeza Uns acreditam que o amor é a cura Que não é virtude, é vontade Coisas de um coração partido Que ainda não aprendeu No seu caminhar Um coração sofrido batendo Com a alma e os ossos dançando Ante aos perigos do fogo Eu ainda não sei quem sou Se ficção ou verdade...


Paulo Portuga

52 visualizações3 comentários

Posts recentes

Ver tudo