• Alex Fraga

Poesia - Eu sou cinco, por Benedito C.G. Lima

Terça-feira no espaço de poesia do Blog do Alex Fraga, de Corumbá (MS), Benedito CG Lima, poeta, escritor, compositor, ativista cultural e do movimento negro, professor, criador de entidades e movimentos culturais.


"EU SOU CINCO”

BENEDITO C. G. LIMA


Eu sou cinco

Nasci para fazer

Aquilo que os outros não fazem

Chorar

Sofrer

Descobrir

Inventar

Sorrir

Sou viajor do Tempo

Sou polivalente

Cinco vezes reencarnei

Eu sou cinco e brinco com o destino

De poetar.

Sou feito um menino no universo

Mais diverso.

Eu nasci para ver

Contradizer aquilo que os outros dizem.

Ver aquilo que outros não quer ver

Nasci para fazer

Criar

Desafiar

Desconfiar

Sou cinco no infinito do existir.

20 visualizações0 comentário