• Alex Fraga

Poesia - Estende a mão e atravessa comigo, por Mirian Camacho


Sábado de poesia no Blog do Alex Fraga, com o poema da cantora, compositora, poeta, professora de artes e dança, Mirian Camacho, com "Estende a mão e atravessa comigo".


Estende a mão e atravessa comigo


Algum dia, todos olhando a rua nua e sem medo, atravessarão. Antes de chegar do outro lado, num grito permitido, vão se olhar nos olhos... no meio dela, da rua.... Que vai estar enfeitada de flores e livros, de falas sem dores ... Em todas as cores a pele vai brilhar.

Os bancos terão cobertas, encoberto estará o medo, o frio e a fome... Na rua vai ter comida... Uma mesa gigante há de abrigar toda gente, e... Logo ali, na esquina, cumprindo a sina, alguém vestido de festa vai estar cantando a alegria da igualdade sonhada, pra toda gente dançar. Abraçados em vida e arte vão fazer ciranda na rua ... Na rua que com ou sem paralelepípedos vai se arrepiar Ao lembrar que passou... E se ainda não, vai passar. Estende a mão e atravessa comigo... Me segue. Eu sigo.

43 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo