• Alex Fraga

Poesia - "Entreiteza", nas palavras e letras de Carla Margazão

Poetisa Carla Margazão, mostra seu poema "Estreiteza", embriagando palavras e o poder de fazer sonhar ainda mais com o tempo. A poetisa reside há anos em Fortaleza (CE)



ESTREITEZA


Basta seguir à frente, Para se crer seguido Basta calar a perda iminente, Ao poder que acena, é imbuído.

Fácil acreditar no último boato Genufletir sobre os livros-panaceia Embriagar-se com a verossimilhança, de fato Se a realidade é apenas uma ideia.


(Carla Marzagão - 30/04/2020)

26 visualizações0 comentário