• Alex Fraga

Poesia - Em véu fino esquento a pele, por Mirian Camacho

Sábado no Blog do Alex Fraga é dia de poesia com a cantora, compositora, poeta, professora de artes e dança, Mirian Camacho com seu " Em véu fino esquento a pele".


" Em véu fino esquento a pele"


Essa noite vou dormir no quintal, perto de um pote de mel. Esperando que a lua cheia, brilhe em sonho, o meu anel.

Vou levar a coberta de lã macia, e na noite brilhosa, me dar uma rosa... Fria... Aquecida na palavra quente, que a boca desmente num grito, infinito nas sombras que vi quando fui dormir lá fora. Em véu fino esquento a pele... Transparente o tempo mente. Inventa beleza onde nem existe. Mas a noite tá linda e me faz sentir assim. Acredito e fito forte de ponto a ponto o porto de estrela cá e ardente.

É que vim dormir no quintal onde o anzol pesca nuvem, fuligem do que vai ser depois daqui... Avoado o sono ri e arrasta a coberta pro quarto... Tá mais quente aqui.

37 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo