top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia - Desmanche, por Paula Valéria Andrade

Sábado no Blog do Alex Fraga é dia de poesia com a poeta e escritora de São Paulo (SP), Paula Valéria Andrade, com "Desmanche".


DESMANCHE


Muito triste tudo isso junto. Muito triste tudo isso. Muito triste tudo. Muito.

Triste que dói, bate e vai. Uma tristeza avalanche. Mas parece, um terremoto. Pedras que rolam e destroem tudo. Palavras bombas, a tudo explodem, tudo.

Triste demais Forte demais Louco demais. Pessoas partindo. Despedindo-se daqui. E, ponto final. A palavra final. Triste demais. O final. Muito triste tudo isso. Muito. Pedras rolando Dores rolando Perdas descabidas. Perdas. Pedras rolam perdas. Tristeza.

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page