top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia - Desejo na cama. por Isaac Ramos

Segunda-feira no Blog do Alex Fraga é dia de poesia com o poeta e escritor de Campo Grande (MS), Isaac Ramos, com o poema intitulado "Desejo na cama"


Desejos na cama


Acordei a manhã cantando

Sem sono, no meu caderno de notas

Eu a vi, distraída, distribuindo claridade

Com os pássaros anunciando o amanhecer


Transpirei a poção encantada

Enquanto a brisa despedia-se da noite

Que a manha não é apenas dos poetas

Que os poetas não acordam todas as manhãs


Adiantando-se aos raios de luz

Fugi dos desejos e lampejos

Feri o corpo do pecado

Mas um pedaço dele mostrou-se poetizável


À margem das vicissitudes poéticas

Encostei-me e recompus-me

Sem notar o cessar do canto dos galos

Assisti à passagem das horas ligeiras


Passageiro das noites encantadas

Acobertei as pálpebras à luz do luar

Soltando as lágrimas, as palavras, as palavras

Redescobri um jeito novo de amar, de largar


A falta que a noite agora me faz

Trouxe-me de volta à escrita bendita

Mesmo assim sem nada mais para dizer

Posso dizer que a manhã me amadureceu


E a noite que bem me criou e batizou

Tirou-me da poesia vadia e da vida vazia

Enquanto espero desocuparem a minha cama

Que foi ocupada por versos amarelados e amanhecidos



54 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page