top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia - De boa, por Carlos Magno Amarilha



Sexta-feira no Blog do Alex Fraga é dia de poesia com o poeta e escritor de Dourados (MS), Carlos Magno Amarilha, com "De boa".


DE BOA


no caminho da festa

tinha uma lama


(que passei o rodo)


amei a cada momento

do abraço carinhoso


janela fechada

cheguei intacto na festa


(estava programado

chegar sujo de lama)


muitos torceram o nariz


e de boa

me esqueci


não caí na sarjeta

dos contos infelizes

tirando as interpeles do caminho

foi um festaço!

(de tirar o boné)


fui embora até de motorista particular

que logo me avisou: ‘– é bandeira dois’


(taxista boa cepa, trocamos mil e uma ideias)

135 visualizações7 comentários

Posts recentes

Ver tudo

7 commentaires

Noté 0 étoile sur 5.
Pas encore de note

Ajouter une note
Invité
26 mai
Noté 5 étoiles sur 5.

Ser protagonista, a lama está lá para sujar o sapato e roupa chique do poeta, mas ele "passou o rodo", continuou sua trilha, seu caminho, tudo calculado para não dar errado, sempre o plano B.


Frank Cegildo

Dourados

J'aime

Invité
25 mai
Noté 5 étoiles sur 5.

O Baile, a ida e a volta , com poesia, tudo nos trinques e viva a juventude.


Ozório de Volta Redonda -RJ

J'aime

Invité
24 mai
Noté 5 étoiles sur 5.

olha só, se deu bem, mesmo com os olhados dos outros, o texto mostrou o contrário. Essa foi de amargar aos inimigos.


Laércio Cardoso

Campo Grande

J'aime

Invité
24 mai
Noté 5 étoiles sur 5.

INTELIGENCIA. muito criativa

J'aime

Invité
24 mai
Noté 5 étoiles sur 5.

Nossa que lindo! Adoro poemas assim, de amor.


Laura Victorya Gonçalves

Dourados-MS

J'aime
bottom of page