top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia - "Constatação", por Sylvia Cesco

Sexta-feira, dia de poesia no Blog do Alex Fraga, com a poeta e escritora Sylvia Cesco, com seu poema intitulado: Constatação.




Constatação

Sylvia Cesco


Amassei o pão conforme me ensinaram

as almas magoadamente submissas.

Cresci com as carnes

enrodilhadas em sangrentos nervos

expostas sobre os balcões das manhãs

de cada dia.


Que agonia

não ter ninguém para entender

a mágica linguagem de um necessário

acalanto de poesia!


Se pelo menos eu pudesse

ter sido a dona, a princesa

ou a rainha

de todos os voares alinhavados

pelas asas passarinheiras desse tempo

ai, que enternecedor seria!


Mas fui tão somente a estrela que não guia,

a chama que não acende , talvez por rebeldia,

aquela que se recusou a plantar suas flores

nos jardins não adubados das ruínas.


E mesmo assim, saí ilesa,

(ir)remendável flor de margarida:

-É a vida! É a linda e sábia vida.

24 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1 Comment

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
athaydeneryfreitas
athaydeneryfreitas
Apr 22, 2022

Senti seu doce acalanto de poesia palmilhando descalço alguns carrapichos da sua jornada! E ainda assim, saiu ilesa com a sábia vida! Que bela !

Like
bottom of page