top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia - Concretude, por Carlos Magno Amarilha



Sexta-feira no Blog do Alex Fraga é dia de poesia com o poeta e escritor de Dourados (MS), Carlos Magno Amarilha, com Concretude


CONCRETUDE


Fiz um voo para ver

tudo lá de cima

o barato é a subida

dá um frio na barriga

A cidade é outra coisa

vê cada coisa cabeluda

do tempo do epâ


Havia atalhos hoje avenidas

na cabeceira alegre

Dom Pedro II fumou cachimbo da paz

com Cacique e tudo mais

que ficou o zóio de caro


Laranja doce ficou alvorada de dia,

mas o inesquecível

o melhor que já fiz

foi de bicicleta

quando te conheci.


(IN: Asas Urbanas, p. 79)

25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page