• Alex Fraga

Poesia - Coexistir, por Paulo Portuga

Quarta-feira no Blog do Alex Fraga é dia de poesia com o poeta, escritor e músico de Dourados (MS), Paulo Portuga, com o poema intitulado "Coexistir".


COEXISTIR


Canto para o papai do céu Que é palestino E também de Israel Pranto pelas palavras mortas Que matam crianças Em nome do pai


Deus não é você Deus não é você


Anjos removam os muros Abram as asas E tragam a paz Cruzes, luas e estrelas De nada valem Se não há amor


É deus dentro de você É deus dentro de você


Clamo pela paz Aos senhores da guerra Anjos tocam trombetas E choram a morte Com gosto de fel


Deus cadê você? Deus cadê você?


Deus de Abraão Eu peço a paz.

36 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo