top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia - Coceira, por Athayde Nery

Quinta-feira no Blog do Alex Fraga é dia de poesia com o advogado, poeta e escritor Athayde Nery, com seu poema intitulado "Coceira".


Coceira


Nesse caminhar faminto vale olhar descalço as imagens passageiras.


A coceira é grande quando o encontro se entranha. Vale até uso de creolina.


E é gostoso se coçar nas paredes abandonadas ou no punho das redes bem coloridas. Nem dá vontade de parar Cria até ferida daquelas de não sair sangue…


In: “Silêncio escancarado.” pág. 49.

65 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page