top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia - Chove Água Doce, por Mirian Camacho

Sábado, no espaço de poesia no Blog do Alex Fraga, o poema da cantora, compositora, poeta, professora de dança e artes, Mirian Camacho, com "Chove Água Doce".


Chove Água Doce


Pode ser que na cidade vizinha não esteja chovendo como aqui. Talvez a casa do senhor de cabelos brancos esteja ensolarada e a saudade amarelada , na mesa deixe um caqui.

Um caqui chocolate.

Na primeira mordida o cachorro late, o gato lambe a gota do gosto no chão e o senhor até muda a cor do cabelo... "enoivece" de novo e de noivo que foi um dia.

Mas aqui na minha cidade chove e eu não encontrei o caqui.

Quis, não quero mais.

Deixa.... lembrei que tem ameixa e o gosto é bom.

O tom de vermelho mistura com a boca que adoçada em fruta sorri pra cidade que ainda chove...

Chove água doce .

A janela que deixei aberta mela e com ela lambuzo a espera.

Eu sei.

Vai clarear antes que o dia acabe.

Sem pressa...

Na minha mão cabe o sol noturno que me tira do prumo, "endoidoce" e a saliva até esquece que queria caqui.

49 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page