top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia - Canoa Ensonhada, por Isaac Ramos



Segunda-feira no Blog do Alex Fraga é dia de poesia com o professor universitário, poeta e escritor de Campo Grande MS, Isaac Ramos com Canoa Ensonhada.


CANOA ENSONHADA

Pegadas De luzes Remam na proa Do silêncio.


Canoa ensonhada, Enxerga A vela Que navega Entrega tua alma Tua calma Às margens De uma cidade Maués.


Na esteira De uma mata amazônica A floresta Silva uma zona Para que pássaros (In)plantem Gritos verdes De arribação.


Águas Arremansam A ampulheta Do rio.

Águas Tornam O arremesso Do rio Isca perfeita Para Fisgar amplidões.


Nau vaga Mosaicos De solidão Nau Estenda Em pura Mansidão.

Tuas águas Tua rede Tua sede São tecidos De horizontes Imensidões.


Canoa vazia Escuta Rumoreja Marítimas Paisagens.


Canoa épica Embala Sonhos Caboclos De todas Épocas.


E nas vazantes Da lua cheia Assiste Poetas Que musam Em teus seios O leito O deleite Da contemplação.



29 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Bình luận

Đã xếp hạng 0/5 sao.
Chưa có xếp hạng

Thêm điểm xếp hạng
bottom of page