top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia - Buraco do coelho, por Cláudia Finotti

Domingo no Blog do Alex Fraga é dia de poesia com a escritora e poeta de Campo Grande (MS), Cláudia Finotti, com "Buraco do coelho".


BURACO DO COELHO

(Cláudia Finotti)


Um atalho,

Quase nada.

Um caminho sem caminhante

Um lugar vazio e errante.

Tão vazio que chega

a me dar vertigem.


Tento não ironizar

o destino com suas

mal traçadas linhas e rotas

sem leme, sem Norte.


Apenas coragem

e, mais nada !

Apenas coragem

e, um coração que pulsa,

apesar de tudo,

apesar de todos.


Apesar do caminho

que insiste em crescer

e, se alargar

de baixo de meus pés

já tão cansados

de percorrerem o Nada.


Quem dera a Vida

fosse cheia de atalhos

que me levassem sempre

para o buraco do coelho.


Quem sabe assim

terminasse o dia

tomando “chá de felicidade”

Servido pela lebre

e o Chapeleiro Maluco.


Quem sabe, assim,

Só assim,

Em tão inusitada companhia

a Vida fizesse mais sentido

e, o caminho levasse

a um jardim encantado

e colorido.


Com dias e pessoas

Igualmente encantadas e coloridas.

Sim, porque “gente

é que nem flor,

tem de toda cor” !


Quem sabe assim,

Só assim,

O dia fosse mais bonito.

Quem sabe !?

18 visualizações1 comentário

1 Comment

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
athaydeneryfreitas
athaydeneryfreitas
Jun 11, 2023

Quem sabe?

Like
bottom of page