• Alex Fraga

Poesia - "Barra Mansa", por Gerson Marques Camargo

Terça-feira, espaço de poesia no Blog do Alex Fraga é mais uma vez com o escritor e poeta de Rio Brilhante (MS), Gerson Marques Camargo com "Barra Mansa"

Barra Mansa


Uma garça branca voou, no outro lado da ponte, a luz do sol brilhou, no azul do horizonte.


O sol beijando a floresta, ao nascer do novo dia, os pássaros fazendo festa, tanta pureza e energia.


Os aracuãs fazem seus cantos, nas manhãs - onde pousa a alforria, que mais parece um acalanto, um preludio, da alegria.


Nas lagoas, baias, corixos e igarapés, um encanto para os olhos nus, aqui...onde molhei os meus pés, entre os jacarés e os tuiuiús.


Araras azuis enfeitando o espaço, balançando suas asas - rumo ao infinito, Aqui...não existe embaraços, e o azul do céu é mais bonito.


O por do sol é uma pintura, um horizonte de aquarela, toda essa pureza se configura, e a natureza fica mais bela.


A lua cheia, banhando o telhado, deixando nossos lençóis, cor de prata, a noite é dos namorados, e a madrugada, das serenatas.


Na curva do rio, Tem uma ponte, onde passa boi - passa boiada, é o caminho para o horizonte, o prolongamento dessa estrada.


Tanta coisa, ainda posso lembrar, tanto verso eu posso escrever, tanta magia, para contemplar, que eu jamais vou esquecer.


Nas margens do rio Negro, ali...onde mora a esperança, berço da paz e do sossego, na pousada Barra Mansa.

Gerson Camargo

45 visualizações0 comentário