• Alex Fraga

Poesia - "As redes sociais", por Paulo Portuga

Quarta-feira no Blog do Alex Fraga é dia de poesia do professor, músico, poeta e escritor de Dourados (MS), Paulo Portuga, com seu "As redes sociais".


As redes sociais

Têm me aborrecido demais Têm me levado para trás Consumido meu senso Empoeirado meus livros Me deixado sonolento Em acenos virtuais


As redes sociais Contém ódio atroz Fico com medo de nós Das amizades fugazes Das mentiras e verdades Das palavras ressentidas Teorizando sobre a vida Belezas plásticas E palavras ácidas


As redes sociais Vivem cheias de gente De pessoas confusas Em situações desiguais Que falam o que pensam Que sabem demais E agem de menos Sem sentido e sentimentos


Nas redes sociais Eu vejo você Em mil plataformas Por vários canais E por aqui nunca mais Fico perdendo meu tempo Por galerias e gigabytes


As redes sociais Ficam rolando na tela Enquanto a minha janela Fica fechada para rua Para a dura realidade Me escondendo da lua Mas amanhã eu volto E posto de novo Para mostrar para o povo Que eu ainda estou vivo.

33 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo