• Alex Fraga

Poesia - A um poeta, por Sylvia Cesco

Sexta-feira no Blog do Alex Fraga, no espaço de poesia é com a poeta e escritora sul-mato-grossense Sylvia Cesco, com "A um poeta".


A um poeta

Sylvia Cesco


Aço-sol instransponível

é a tua poesia que escorre

-açucena peregrina-

assim que a manhã matina

matuta, mastiga a fina

flor do orvalho

que restou.


Maceras os versos

tão sem coerência

que chegam a desfalecer

sem sentido

sobre a relva improvisada e reticente


que algum poeta displicente


versejou.



Li-os à luz da lua.

E amanhecida de ternuras inda estou.

37 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo