top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia - "A Lua Cheia", por Gerson Marques Camargo



Nesta terça-feira, o espaço do Blog do Alex Fraga é para a poesia de Gerson Marques Camargo, poeta e escritor de Rio Brilhante (MS), com "A Lua Cheia".


A Lua Cheia

Lua cheia, que prateia as estradas, de mistérios e magias, se esparrama pelas invernadas, desde o anoitecer até o raiar do dia.


Lua cheia, dos campos e cerrados, do planalto e dos pantanais, dos corixos e dos alagados, das campinas e florestas tropicais.


Lua cheia, dos idílios e romances, dos amantes e dos amados, do amor de um instante, e dos eternos namorados.


Lua cheia, tão cheia de encantos, das sinfonias e das sonatas, das canções de acalanto, das modinhas e das serenatas.


Lua cheia, de causos no terreiro, histórias, sonhos e ilusão, do cantar do galo no puleiro, nas madrugadas do sertão.


Lua cheia, das ruas e das praças, dos prédios e dos arranha-céus, pinta nossos lençóis cor de prata, entrando pela janela para o céu.


Lua cheia, de mistérios profundos, dos trigueiros e trigais, se esparrama pelo mundo, levando a poesia e os versos madrigais.

Gerson Camargo

29 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page