top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia - 100 família, por Carlos Magno Amarilha



Sexta-feira no Blog do Alex Fraga é dia de poesia com o poeta e escritor de Dourados (MS), Carlos Magno Amarilha, com 100 Família.


100 FAMÍLIA


Crianças jogadas

[Vergonha

Deixou a Cegonha

Sem Lar

Lugar

(famílias de um salário-mínimo)

Em esquinas

Avenidas

Sinaleiros

Solicita esmola

Cuida carro

Pega resto de feira

do Lixo

Pede restolho da festa

Almeja Comida

Xinga

Chuta

Trabalha

Tristes crianças

Exiladas nas noites escuras

Asiladas

Pálidas

Ninguém diz

Nada

Mais que olhar

Cansadas

Perdidas

Ruas em ruas

Só amargura

Sujas cidades

Amortalhou-lhes.




(in: Poemático Demais)

141 visualizações7 comentários

Posts recentes

Ver tudo

7件のコメント

5つ星のうち0と評価されています。
まだ評価がありません

評価を追加
ゲスト
3月22日

Não temos pão e peixes para todos!

Nem coelho na Páscoa,

Nem presente no natal!


Ilson Venâncio

Dourados-MS

いいね!

ゲスト
3月22日

Gostei! Significava e realista.

Daniza Martins

Dourados-MS

いいね!

ゲスト
3月22日

é uma poesia de amor sim, amor ao próximo, contestar, quando o poeta diz: "ninguém diz nada", quer dizer que as autoridades, o estado, por todos verem, sem fazer nada. Tonando-se "natural" em nossa cidades.


いいね!

ゲスト
3月22日
5つ星のうち5と評価されています。

Porrada no sistema! Um grito! Uma voz que transmite a triste realidade de nossas cidades e capitais sul-americanas.

Eliezer

SP

いいね!

ゲスト
3月22日
5つ星のうち5と評価されています。

Verdade, a família é o Porto Seguro

いいね!
bottom of page