top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia - Ópera Capital Pantanal, por Kaio Ramos

Atualizado: 24 de out. de 2023

Quarta-feira no Blog do Alex Fraga é dia de poesia com o poeta e ator de Dourados, Kaio Ramos com seu poema intitulado Ópera Capital Pantanal


ÓPERA- CAPITAL-PANTANAL.


NA ESQUINA DA POESIA,

NA RUA DE CIMA,

TEM UMA CONSTRUÇÃO.


5° ANDAR, TIJOLO, CIMENTO, FERRO E SUOR.

6° ANDAR, TIJOLO, CIMENTO, FERRO E DOR.

7° ANDAR, TIJOLO, CIMENTO, FERRO…


MARTELO, BATE-BATE.

MADEIRA SOBE E DESCE,

O CAPACETE CAI,

O CAL ESTANCA O SANGUE LATINO,

O HOMEM CHORA E COME SEU SOFRIMENTO COM ARROZ E FEIJÃO,

O ALÍVIO DA ALMA OPERÁRIA É O COPO AMERICANO GELADO.


8° ANDAR, 9° ANDAR, 10° ANDAR,

11° ANDAR, 12° ANDAR, 13° ANDAR…

ENTREGA DA OBRA: FALTAM 1.300 DIAS…

FALTAM 9.300 DIAS…

CONSTRUINDO A TORRE DE BABEL.

JOÃO, PEDRO, JOSÉ E SEU ABRAÃO,

CARREGAM FERRO…


"VOU COMPRAR UMA ERVA DE TERERÉ, ZÉ!”

UM GOLE, DOIS GOLES, TRES GOLES…

ERVA SANTA DO ALÍVIO DA OPRESSÃO DO CALOR.

REFRIGÉRIO DA ALMA .

JOÃO SE ALIVIA DE SUA VIDA.



MATO GROSSO DO SUL,

TERRA VERMELHA DE SANGUE,

SANGUE QUE NÃO É DE BOI!

BOI, BOI, BOI…BOI DA CARA BRANCA,

MATA ESSE INDIGENA QUE TEM MEDO DE CARRETA.


TRATORES, MILHARES,

JACARÉS VIRANDO BOLSA DE LUXO,

POR ONDE ANDA AS MULHERES DOS BOIS MAIS GORDOS DO ESTADO?

A ARARA CANTA TRISTEZA-ALEGRIA PANTANEIRA,

A CAPIVARA SE BANHA NO LIXO,

A ONÇA FOGE…

O TUIUIÚ NÃO TEM MAIS NINHO,


SÓ DEIXO UM AVISO-ALÍVIO,

VAMOS LER MAIS POESIAS DE EMMANUEL MARINHO

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page