top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia - Índio, por Isaac Ramos



Segunda-feira no Blog do Alex Fraga é dia de poesia com o professor universitário, poeta e escritor de Campo Grande (MS), Isaac Ramos, com "Índio"


ÍNDIO

(Isaac Ramos)


Eu vou me índ(i)o

Pintado com as cores

Com as dores

Com flechas

Sem flores

Sem 19 de abril.

Pintado pra guerra

Eu vou me índ(i)o

Sem o cachimbo

Que me surrupiaram

Sem as terras

Que me tomaram

Com as promessas

Que fizeram

E não cumpriram...

Eu vou me índ(i)o.

Um filho teu

Não foge à luta!

Eu vou - me índio

E volto cafuso

Mulato

Mameluco...

Sou todas as raças

Nem todas me acham.

Eu sou isso

E não sou omisso.

Sou ÍNDIO.


(Livro ÁLIBI, 2022).

20 visualizações1 comentário

1 Comment

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Guest
May 07
Rated 5 out of 5 stars.

❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️👏👏👏👏

Like
bottom of page