top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia - Árdua Batalha, por Narinha Lee

Domingo no Blog do Alex Fraga, é dia de poesia com a poeta e escritora de Campo Grande (MS), Narinha Lee, com Árdua Batalha.


Árdua batalha

*****

Surgiram como nuvens de gafanhotos imbuídos na mais completa destruição.

Mas tenho

medo não!

Me vesti de armadura pesada pra enfrentar essa maldição.

Retaguarda

não me conhece,

a Vanguarda

me enaltece.

Pela espada

da minha luta,

a maldade não irá ultrapassar,

vai de retro Satanás,

se recolha na mediocridade

que te apráz.

Sou mulher,

sou valente,

quente,

ardente...

Por mim não passará quem

se atente,

na maldade

se preservar.

Sou tempestade,

sou furacão,

quem quiser

o mal cultivar,

chegue perto

de mim não!

Apago qualquer chama que não venha do coração.

************

Narinha Lee.

33 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page