• Alex Fraga

Opinião – Com todas as normas de biossegurança, 7º Bonito Blues & Jazz Festival surpreende!

Para garantir um ótimo evento nesse período de pandemia, sem dúvida que a primeira coisa que o produtor tem que ver são os cuidados com as medidas de biossegurança e que devem ser rígidas. O público tem que ter a consciência que obedecendo às normas, com certeza todos vão ficar satisfeitos. Um dos exemplos foi dado pelos organizadores do 7º Bonito Blues & Jazz Festival realizado no último fim de semana no município de Bonito – Mato Grosso do Sul. Foram três dias de excelentes atrações e com toda a segurança possível. Os promotores Afonso Rodrigues Jr e Carlos Porto mais uma vez conseguiram superar as dificuldades como ocorrem normalmente em eventos especiais no Estado. Esse ano foi mais ainda difícil devido à pandemia e o crescimento do número de óbitos e infectados. O Ministério Público Estadual até recomendou o cancelamento do evento, no entanto, o Comitê de Enfretamento à Covid 19 mostrou satisfeito com os trabalhos realizados e aprovou por duas vezes a realização do festival de blues e jazz que já faz parte dos principais movimentos culturais do Mato Grosso do Sul. O público teve que ser reduzido, sendo apenas 210 pessoas poderia entrar. O uso de máscara, distanciamento, álcool gel e a pessoa não poder ficar em pé, foram tônicas obrigatórias e cumpridas. Todos sentados com mesas com distância exigida. O número segundo os organizadores, em nenhum dia atingiu essa meta, principalmente porque alguns órgãos de comunicação pecaram em aterrorizar as pessoas em não participar de eventos culturais, ao invés de explicar os cuidados que se deve ter para que não ser contaminado. As atrações do festival foram: Murilo Martinez Trio, Guto Colato Quarteto, Miguelito & Blueasy, A Arca, Capivaras Voadoras, a dupla Rick Bergamo e Renato Mendes, BarGanhas Band e o norte-americano Dave Bratcher. Teve também a participação de Dominique Bernal, grande músico paraguaio, na gaita.

A 7ª edição do Bonito Blues & Jazz Festival foi realizado pelas empresas Bolt Produções e La Paloma Eventos. Difícil realizar um evento seguindo todas as normas de biossegurança? Não. É apenas cumprir e ter profissionalismo como sempre fazem Afonso e Carlos nos trabalhos que realizam. Um exemplo que deve ser seguido por todos e que infelizmente a maioria não o faz!

56 visualizações0 comentário