top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Miniconto - Recato Marcado, por Narinha Lee

Domingo no Blog do Alex Fraga no espaço de literatura é dia do texto da poeta e escritora Narinha Lee, com seu miniconto intulado: Recato Marcado

RECATO MARCADO É deveras difícil pra ela! Tão certinha! Tão recatada! Tão naturalmente monogâmica! Ainda assim, ela se permite viver um amor impossível. Poderia, se desejasse, viver um outro amor mais leve, um amor permitido, amor presente... Um amor que pudesse transportá-la a sonhos infindos! Poderiam viajar juntos, iriam a restaurantes, barzinhos, shows onde se embriagariam de blues e rock an roll. Sem sufocar um ao outro, pois, poetas têm almas livres. Ela o ama e muito! Mas tem a clareza de que não pode tê-lo totalmente. Só amá-lo, simplesmente! Quando juntos, é um "explode coração!" Abraços e beijos sem limites, numa junção de almas e corpos sedentos de amor. A hora é sempre infame! E a cada depois, ela se junta à sua própria companhia. Abraça com força a solitude e escreve o que a sua alma dita. É o que lhe resta... Um amor conturbado! Um amor assustado! Até quando, "posto que é chama?" ************** Narinha Lee.


32 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page