• Alex Fraga

Música – “Teia” de Guilherme Rondon é gravada por músicos na Europa

A música “Teia”, do cantor e compositor Guilherme Rondon em parceria com Leo Minax está entre as músicas do recente álbum lançado por toda a Europa dos músicos,

violonista brasileiro Leo Minax e do pianista argentino German Kucich, intitulado “Com la mosca detrás de la oreja”, todo gravado com violão, piano e voz (totalmente acústico). Veja ( https://youtu.be/q-Mk2CxKpMo ) A canção de Guilherme Rondon mais uma vez é uma obra prima que ele enviou em primeira mão ao Blog do Alex Fraga. Uma letra com a cara desse artista paulista-sul-mato-grossense: “Na luz de um cometa/ eu olho pro céu/ na luz que arrepia/ um risco no breu/ No meio do assombro/ na palma da mão/ da mãe natureza/ da imensidão/ na curva do rio/ o sol foi dormir... Leo Minax é mineiro e reside em na Espanha (Madrid) e há muito tempo desenvolve seu discurso musical único como compositor e intérprete. Inquieto e sempre aberto à experimentação, ele já lançou nove álbuns na Espanha. Além das harmonias sugestivas e da riqueza rítmica, o trabalho desse artista também é notável pelos textos de suas músicas, por sua criatividade e inspiração poética. No Brasil, sua carreira está associada aos nomes de Toninho Horta, Vitor Ramil, Arnaldo Antunes, Ronaldo Bastos e Moska, entre outros, como colaboradores regulares ou coautores de suas músicas. Sua música já foi gravada pelo uruguaio Jorge Drexler, pela artista mexicana Ximena Sariñana e pela espanhola Ana Belén. Trabalhou ao lado de grandes autores, como Lisandro Aristimuño, Francesca Ancarola, Pablo Guerrero, Diego Vasallo, Suso Saiz ou Pedro Guerra, entre muitos outros. Ele já viajou pelo Japão, Irlanda, Itália, Portugal, Estados Unidos, Holanda, Dinamarca, Alemanha, México, Argentina, Chile, Equador, Brasil e Uruguai. Já German Kucich lançou seis álbuns como líder e tocou, gravou e viajou pelo mundo ao lado de artistas de renome internacional, como Sonny Fortune, Frank Lacy, Eddie Henderson, James Moody, Richie Cole, Tony Lakatos, Kirk Macdonald, Deborah Davis, Toninho Horta, Perico Sambeat, Andrej Olejkniczak, Bob Sands, Marc Miralta, Joaquín Chacón, Pedro Iturralde, Javier Colina e Philippe Caterine, entre outros. Sem dúvida, a gravação de “Teia” de Guilherme Rondon por esses artistas, mostra mais uma vez o potencial de um músico ímpar, que infelizmente não é tão valorizado em Mato Grosso do Sul como merece!

0 visualização

© 2023 por O Artefato. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Instagram B&W