• Alex Fraga

Música/Literatura - Ângelo Arruda começa preparar seu terceiro trabalho


O arquiteto e urbanista e ex-professor da UFMS (aposentado e morando em Florianópolis desde 2017) está começando a preparar seu 3º trabalho no campo musical e literário. Agora Ângelo vai juntar 14 novas canções (sendo 10 cantadas por ele, duas instrumentais e duas interpretadas por Negabi e Gilson Espíndola (essas em parceria com seu maior companheiro Raimundo Galvão falecido esse ano) e 14 poemas declamados por amigas. "Amor em tempos de cólera" é intitulado esse trabalho, nome bem sugestivo em função da dimensão social desse momento em que estamos vivendo. O material visual ficará à cargo do artista plástico Guto Barros de Recife. Como compositor, músico e cantor tem dois trabalhos anteriores já lançados - CD Água de Viver e CD Régua e Compasso lançados em 2017 e 2020 e disponíveis em todas as plataformas digitais e dois livros de poesia A Invenção do Silêncio e A Simplicidade do Abismo


Ao Blog do Alex Fraga, ele disse que o objetivo desse projeto será alcançado tendo como ponto de partida canções da música popular brasileira de melodias e letras de canções ao autor do projeto em parceria com diversos músicos brasileiros e a declamação de 14 poemas inéditos. "Tais canções, devidamente arranjadas por Márcio Pimenta e Otávio Neto, serão interpretadas por mim mesmo, ou seja, dez, Gilson Espíndola e Negabi e duas músicas instrumentais. Os arranjos musicais serão constituídos seguindo as características funcionais da MPB. Dessa forma, pretendo produzir e divulgar via plataformas digitais, o caráter do contexto original. O grande objetivo é elevar a qualidade da música e da poesia brasileira com uma nova opção digital 100%, indo na direção do que domina o mercado fonográfico e poético brasileiro".


Angêlo Arruda acrescentou ainda: "São canções com diversos ritmos, mas que podem ser ouvidas a partir do próprio título do álbum Amor em tempos de Cólera (um xote que tem a participação do sanfoneiro Nonato, de Fortaleza que faz parte da nova geração de bons instrumentistas nordestinos). Participarão do trabalho, sob a coordenação técnica do músico Márcio Pimenta da Gravadora Pimenta Produções de Floripa, diversos músicos de Campo Grande como o Gabriel Andrade, Gilson Espíndola, Otávio Neto e Júnior Matos, de Florianópolis, Alegre Correa, Guinha Ramires, Juliano Lechner, Iva Giracca, Roger Correa, Arthur Boscatto, de Fortaleza, Nonato Lima e o pessoal do zabumba e Raimundo Galvão que antes de falecer deixou duas músicas prontas gravadas comigo: Noites Escuras, canta Gilson Espíndola e Olhos Azuis canta Negabi".


Ângelo Arruda busca parcerias para a execução de seu trabalho. Ele montou uma captação de recursos no site Catarse.me (financiamento coletivo) no link https://www.catarse.me/cd_livro_amor_em_tempos_de_colera_a11f?ref=user_contributed e está coletando doações de amigos que apoiam seu trabalho, além de contar com apoio de empresas de Floripa (já confirmada a HABITASUL, inclusive financiando o clipe da música Filhos que está sendo gravada e de Campo Grande e outras cidades do país. Os contatos com Ângelo Arruda podem ser feitos pelo email angelomv@uol.com.br ou pelo seu celular 67.99221.8522. O trabalho do autor pode ser visto pela sua página no Facebook: https://www.facebook.com/angeloarrudamusica ou pelo Instagram: https://www.instagram.com/angelomusicaepoesia/. Os trabalhos musicais podem ser encontrados nas plataformas Spotify, Deezer, Apple, Amazon, Youtube, enfim todas as possíveis

18 visualizações0 comentário