• Alex Fraga

Música – Gilson Espíndola grava seu DVD “Dois Caminhos – 40 anos de Música” nesta quarta-feira

Nesta quarta-feira (29), será um dia especial para um dos artistas que estão no primeiro time da música sul-mato-grossense: Gilson Espíndola. Ele estará gravando o seu DVD e comemorando seus 40 anos de música, às 19 horas no Espaço Joseph. Um marco para uma carreira de um músico que sempre se preocupou com a qualidade do seu repertório Ao todo serão 20 canções. Ele já lançou dois trabalhos: Tudo Azul (1998) e Mosaico (2000).


Gilson entrou na vida artística nos tempos de universidade como um grupo chamado Khomo. No entanto começou a atuar profissionalmente com o surgimento do Grupo Benvirá, quando começou imaginar que poderia viver da vida artística. Também teve uma passagem pelo Grupo Therra, liderado pelo músico Carlos Colman. Mas o lado solo, com composições próprias falou mais alto e sua carreira começou a se despontar com belas canções.


A ideia da gravação de um DVD partiu de sua filha, Nayara Espíndola que insistiu que ele deixasse registrado todo seu trabalho desde o início de sua carreira. Com isso ela fez todo o projeto e ele se preocupou apenas com a parte musical. Então surgiu esse trabalho intitulado “Dois Caminhos – 40 anos de Música”. “Por mais que caminhos que a gente tenha, ficamos sempre nas escolhas. Após certa idade começamos a ver mais as diferenças, como a parte material e espiritual, o preto e branco, bom e mal, enfim tudo tem essa dualidade que temos que escolher os caminhos para se tomar uma solução. Sempre temos esses “dois caminhos” que você tem que decidir, ou seja, se é bom ou ruim”.


O DVD foi elaborado na cronologia das canções que fez na época do Grupo Benvirá. “Para começar irei gravar uma música da época do Paulo Gê e Alex Fraga: “No Barco de Santa Maria”, pois nada melhor embarcar nesse barco e indo com outras canções;. Gravarei outra do Paulo Gê: “Mil e Uma Noites” e depois virão as parcerias com o Alexandre Saad como “Madre Canaã” que foi gravada pelo duo Américo e Nando, mas que ainda não havia gravado. Também as composições mais recentes com Gilmar Xavier, Gilvandro Filho, Marcos Mendes, Otávio Neto, Rodrigo Teixeira, Renan Nonato e Celito Espíndola.




A direção do trabalho é dele próprio e de Otávio Neto. A banda é formada por Adriel Santos (bateria), Erick Jadiel (baixo), Junior Matos e Alvani Calheiros (sopros), Renan Nonato (sanfona) e Ton Alves (guitarra). Na gravação haverá três participações especiais: Paulo Gê (Mil e Uma Noites), Alexandre Saad (Toada Desembestada) e Celito Espíndola (Blues em Soul). Parte dos recursos desse trabalho venho do Fundo Municipal de Incentivo à Cultura (FMIC), em 2018.

45 visualizações

© 2023 por O Artefato. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Instagram B&W