top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Livro - Escritor douradense Carlos Amarilha lança obra nesta quinta em Campo Grande

O escritor e poeta douradense, Carlos Magno Amarilha estará nesta quinta-feira (22), a partir das 19 horas, lançando mais uma obra literária. O livro "O Poder e os Intelectuais: História e Identidade em Mato Grosso do Sul. O evento será no Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso do Sul (Av. Calógeras, 3000). Ele também é historiador e mestre em História pela Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), doutor em Educação na Universidade Católica Dom Bosco (UCDB); presidente do Grupo Literário Arandu; presidente da Comissão de Revisão Histórica de Dourados (MS).

Carlos Amarilha afirmou ao Blog do Alex Fraga que este livro é resultado da dissertação de mestrado defendida no final de novembro de 2006, por meio da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), com a orientação do professor Dr. Eudes Fernando Leite. "Passados alguns anos, resolvemos publicá-la, em 2022, decorridos dezesseis anos da defesa em banca, mas nunca é tarde, sendo resultado de uma pesquisa acadêmica, não tem uma data preestabelecida, pois os dados e as fontes que pesquisamos, ponderamos, observamos e refletimos, são resultados de leituras em que os temas apresentados/representados/reapresentados não se esgotam em si mesmo. Resolvemos publicar, primeiramente, por reconhecer o privilégio de conhecer por meio da ‘literatura’ e da ‘história’, muitos autores mato-grossenses e sul-mato-grossenses, aqui citados e; segundo, para contribuir em debates sobre o que pertence e o que não pertence a um todo chamado de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul e da produção da historiografia de Mato Grosso do Sul”.


O livro trata em respostas as seguintes perguntas: Quem institui a história oficial sobre Mato Grosso e Mato Grosso do Sul? Quem cria os símbolos, o hino, o epônimo, o gentílico, a história? Quais os temas mais abordados? Quais os cuidados dos historiadores e dos professores de história em apresentar, representar e reapresentar temas espinhosos, como a Guerra do Paraguai, questões dos povos indígenas, quilombolas, dos povos das florestas, dos povos das águas, dos povos do campo. Como os intelectuais comprometidos em escrever a história e a literatura vão apresentar o novo Estado (MS) da federação e como as entidades (ACGLH, IHG-MS, ADL) vão atuar nos bastidores dos poderes. "Nesse sentido, o livro aborda como os ‘homens de letras’ ou ‘intelectuais militantes’, mato-grossenses e sul-mato-grossenses, por meio de entidades divulgam e publicam ‘ícones identitários mato-grossenses e sul-mato-grossenses’ nas representações e nas reapresentações de suas obras", disse.


O livro divididos em quatro capítulos. Apresenta um panorama geral de fatos históricos publicados pelos intelectuais mato-grossenses e sul-mato-grossenses, membros do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso do Sul (IHG-MS) e da Academia Sul-Mato-Grossenses de Letras (ASL), com a intenção de divulgar uma identidade regional, na construção de história, literatura, heróis, mitos, hino, epônimo, gentílico, entre outros símbolos culturais.


O estado de Mato Grosso do Sul é relativamente novo, mas a sua história é considerada antiga, pelos integrantes do IHG-MS e da ASL, sendo que, essas entidades, publicam e divulgam obras inéditas, manuscritos esquecidos ou esgotados, de cunho regional. Nesse sentido, publicam inúmeras crônicas, artigos, ensaios, que constituem ricas informações, da história de Mato Grosso e do atual estado de Mato Grosso do Sul. Entretanto, o usuário dessas fontes publicadas por meio do IHG-MS e da ASL deve realizar a sua leitura com muita cautela e precedida de uma crítica realista prévia, já que

estão carregadas de ideologias e mitos, para engrandecer os “pioneiros” que ocuparam (reocuparam) as terras sul-mato-grossenses.



192 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

2 commenti

Valutazione 0 stelle su 5.
Non ci sono ancora valutazioni

Aggiungi una valutazione
mabdourados52
mabdourados52
22 set 2022

Parabéns !!!

Mi piace

Nadine Bolzan Amarilha
Nadine Bolzan Amarilha
22 set 2022

Muito rico esse livro para a cultura sul-mato-grossense <3

Mi piace
bottom of page