• Alex Fraga

Live – Plataforma Cartografia da Cultura é lançada nesta quarta-feira




*** Thais Pompêo *** - - -



Nesta quarta-feira (2), às 18h30 min, acontece a live de lançamento da plataforma Cartografia da Cultura, pelo canal “Cartografia da Cultura” no youtube, e contará com a participação de Célio Turino (SP), idealizador dos Pontos de Cultura no Brasil. Online desde o início de maio, a plataforma que mapeará o setor da cultura em Campo Grande. A live será um bate-papo sobre a importância em mapear, divulgar e debater sobre as demandas do setor cultural para a descentralização da construção de políticas para cultura. A mediação é de André Vilela, diretor do Conselho Municipal de Políticas Culturais de Campo Grande. A Live terá uma hora e meia de duração


Criada com o intuito de mensurar e organizar as informações que possibilitem entender as demandas da classe artística da cidade, Cartografia da Cultura é uma plataforma de participação cidadã do Fórum Municipal de Cultura de Campo Grande (MS) concebida para auxiliar no processo de construção de políticas públicas e projetos coletivos ligados à Cultura no município. “Sem uma base de dados organizada e eficiente, é muito difícil a contrução de políticas públicas eficazes e democráticas”, afirma a idealizadora do projeto professora Juliana Trujillo.


Para o lançamento da plataforma, Juliana Trujillo e Franciella Cavalheri, diretora do Fórum de Cultura de Campo Grande, convidaram Célio Turino (SP), consultor em Políticas Públicas e o responsável pela idealização e implantação do programa Cultura Viva e dos Pontos de Cultura no país, para falar sobre a importância da descentralização da construção de políticas para a cultura e como mecanismos para mapear os agentes e ações culturais em um território são partes fundamentais desse processo. O bate-papo trará questões de suma importância não apenas para o entendimento e difusão da plataforma, como também serão trazidas as experiências de Turino em política para cultura na América Latina, que é tema de seu novo livro, “Por todos os caminhos: pontos de Cultura na América Latina” (2020, editora Sesc).


Célio Turino é historiador, escritor e consultor em Políticas Públicas. Trabalhou como Secretário da Cidadania Cultural, no Ministério da Cultura do Brasil, entre 2004/10, tendo sido responsável pela idealização e implantação do programa Cultura Viva e dos Pontos de Cultura no país, beneficiando 9 milhões de pessoas, em mil e cem municípios e 3500 Pontos de Cultura. Desde 2011, é convidado para ministrar conferências e atividades de difusão da Cultura Viva por toda a América Latina, além de países da Europa e Ásia. Por seu trabalho, foi convidado pelo Papa Francisco para estabelecer parceria com o programa pontifício Scholas Occurrentes. Autor de diversos livros e ensaios, publicados em vários países e idiomas. Seu livro mais recente, Por todos os caminhos: pontos de Cultura na América Latina foi lançado ano passado pelas Edições SESC.


Sobre Cartografia da Cultura Plataforma online colaborativa do Fórum Municipal de Cultura de Campo Grande-MS e que busca auxiliar o processo de construção de políticas públicas e projetos coletivos ligados à Cultura no município. A Cartografia da Cultura tem três funcionalidades principais: o mapeamento, a divulgação de eventos e o debate. A plataforma tem como objetivo mapear e reunir dados sobre a cultura de Campo Grande que possibilitem entender as demandas da classe artística e visualizar no mapa onde estão localizados os agentes da Cultura na cidade. O mapeamento facilita o encontro e a identificação entre esses agentes e pode estimular a formação de novos coletivos, novas ações e uma gestão mais compartilhada. É um espaço aberto para os colaboradores interessados nos assuntos relativos à Cultura, onde todos têm voz e visibilidade de forma horizontal, sem hierarquias. É uma plataforma independente e desenvolvida sem financiamento da gestão municipal ou de recursos públicos.



*** É jornalista

19 visualizações0 comentário