• Alex Fraga

Literatura – Paula Valéria Andrade neste sábado no “Chama Poética” em SP

Neste sábado (22), às 19h30 (horário SP) e 18h30 (horário MS), a poeta, escritora, artista visual e professora paulistana, Paula Valéria Andrade é a convidada do “Chama Poética”, projeto criado em São Paulo por Fernanda de Almeida Prado e que existe desde 2004, visa em seus projetos difundir e fomentar a arte através da poesia, da literatura e da música. Esse encontro poético será transmitido pelo Instagram: @chamapoetica e que sem dúvida será muito interessante ouvir essa grande artista brasileira e que esteve no ano passado em Mato Grosso do Sul, participando da Feira Literária de Bonito.

Paula Valéria trabalha há mais de 30 anos com direção de arte, cenografia e figurinos para TV, filmes e cinema, teatro e conquistou os prêmios APCA, Apetesp e Mambembe. Realizou mais de 60 espetáculos em 30 anos de carreira teatral. Sendo 20 deles nos EUA, onde residiu. Estudou em Londres -1992 - “Costume Design History ”no Victoria & Albert Museum e trabalhou com cenografia na 1ATV, em Berlim, antes de mudar-se para a América do Norte, onde realizou projetos digitais, teatrais e de creative design.

Publicou seis livros infantis com design de livro-brinquedo, todos com exposições das ilustrações na Itália, Holanda e Alemanha. Escreveu o livro didático, de ensino médio: ”A Arte em Todos os Sentidos", Ed. do Brasil, 2000. Foi Prêmio Jabuti - Câmara Brasileira do Livro – aos 21 anos, e está no “Dicionário de Literatura Infantil & Juvenil Brasileiro”, de Nelly Novaes Coelho, citada como autora de livros para crianças. Desde 1998 atua como colunista de websites, escreveu sobre artes visuais, teatro e literatura. Publicou 21 livros, sendo mais de dez antologias, poesia, infantil & juvenil, teatro e artes. Recebeu em 2004 o prêmio e o troféu-estatueta “O Amigo” em Portugal, pela poesia “Mirar Miro”, sobre Barcelona – em concurso popular de rádio.

Também publicou o livro “IriS digital Poesy(a)” em 2005 pela ed. Escrituras. Residiu por 10 anos entre Los Angeles, Sacramento e San Francisco, Califórnia, USA. Lá, participou de eventos literários e saraus poéticos - em especial o LITQUAKE Festival - como poeta brasileira convidada, ao tributo a Allen Ginsberg e os Beatniks em San Francisco. Retornou ao Brasil em 2008. Participa desde então de saraus e exposições, eventos de poesia e literatura. Recebeu em 2016, o Primo Premio no Salone Internazionale Di Torino, Itália, com seu texto para crianças; e no mesmo ano, conquistou a Menção Honrosa em Poesia premiada na ALARP da FALARJ - Federação das Academias de Literatura e Artes no Rio de Janeiro.

25 visualizações

© 2023 por O Artefato. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Instagram B&W