top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

FLIB 2024 - Tenda Flibinho: do imaginário ao concreto construindo brinquedos artesanais!

Atualizado: 7 de jul.






É de conhecimento que a arte educação busca o aprendizado a partir das diferentes formas de expressões artísticas como música, danças, artes visuais, literatura e teatro, assim como as tradições culturais populares. Na FLIB 2024, a arte educadora Ramona Rodrigues (Ateliê Ramona Rodrigues) e sua filha Julia Vicente estão fazendo muito sucesso com a Tenda Flibinho, atendendo crianças e seus pais no intuito de ensinar construir brinquedos artesanais a partir de material reciclado. Um trabalho que agrada a todos que passam pelo espaço colorido e cheio de sonhos.


"Faz tempo que eu gostaria de colocar um espaço só de brincadeiras na FLIB, pois acho que faz falta nos eventos e festivais. A partir desse ano, a organização colocou a Tenda Flibinho que é para a gente fazer as brincadeiras tradicionais da infância e ensinar brinquedos artesanais a partir de material reaproveitado. Faço esse trabalho há algumas décadas em Campo Grande e já fiz em várias festivais. A aceitação está sendo muito boa, isso porque a criança na realidade quer brincar. Digo que não tem brincadeira que ela não gosta. Quando ela faz o seu brinquedo, valoriza mais ainda", contou Ramona.


Pais e filhos - O mais interessante segundo a arte educadora, é que os pais fazem questão de participar. "Quando você brinca com uma criança, acaba a família toda brincando. De repente você vê está o pai, a mãe, a tia, avó todos juntos construindo os brinquedos. Isso é muito legal e gratificante porque é um momento extremamente especial especial para todos. Minha filha cresceu no meio disso e sabe todos os brinquedos. Quando eu preciso e ela está disponível, me ajuda e muito", afirma.


Brinquedos - Ramona Rodrigues disse que gosta de trabalhar muito com material reaproveitável. "São brinquedos que podemos ter alguma coisa que a gente tem dentro de casa, como garrafa pet, tampinhas, papel retalhos de tecido, caixinha de fósforo, palito de fósforos usados. Dessa vez estamos fazendo o Barangandã arco- íris, que é o que mais faz sucesso, o que a que as crianças mais gostam, desde o pequenininho até o adulto. Ele é feito de papel crepom com a bolinha do jornal. Tem também o pião de papel que elas gostam bastante, principalmente os maiores, pois é um brinquedo um pouco mais difícil de fazer, mas é muito simples. É um palito de de fósforo, um papel enrolado qualquer e uma cola branca. Já o bilboquê é construído com tampa de garrafa pet, barbante, papel e tampinha. Estamos fazendo também o "corrupio" que são duas tampinhas com alguma coisa para fazer barulho dentro, que pode ser pedrinhas ou pedacinho de qualquer coisa que faça barulho, até missangas e um barbante de seda".

25 visualizações1 comentário

1 則留言

評等為 0(最高為 5 顆星)。
暫無評等

新增評等
訪客
7月06日

Ela tem um trabalho lindo. Parabéns pela matéria.

Carlos Henrique Dias

Campo Grande MS

按讚
bottom of page