• Alex Fraga

Festival - Jerry Espíndola e Alzira E neste domingo em prol do meio ambiente e da cultura

Músicos, atores, escritores, poetas, ativistas do Brasil e de Portugal, se reúnem em evento online para promover reflexões acerca da preservação dos ecossistemas

Os sul-mato-grossenses Jerry Espíndola e Alzira E estão entre os artistas que participam do Festival Mátria Amada. O evento online reunirá músicos, escritores, artistas, atores, lideranças indígenas e quilombolas para promover reflexões acerca dos cuidados com o meio ambiente e preservação dos ecossistemas através de intervenções artísticas e espetáculos culturais.

Ao todo serão realizadas quatro lives gratuitas, transmitidas pelo canal do Grupo Manuí no YouTube (youtube.com/manuiproducoes), nos dias 21/03 (neste domingo), 28/03, 04/04 e 11/04, a partir das 17h (horário Brasília) 16 horas, horário Mato Grosso do Sul, apresentadas pela atriz Tatiana Zalla e pelo músico Leandro Pfeifer, com bate-papos e apresentações de artistas que têm trabalhos voltados à temática ambiental, da cultura da terra, dos povos originários e quilombolas. A programação fará o intercâmbio entre Brasil e Portugal logo no primeiro dia do evento, com a participação da companhia portuguesa Teatro Estúdio Fontenova encerrando a noite com a apresentação da performance "Cerco", que aborda a relação dos direitos da terra aos direitos ao corpo, em particular da mulher, partindo do conceito de "cercamento".

O Teatro Estúdio Fontenova foi fundado em 1986 com o objetivo de trabalhar na ação e divulgação cultural. Profissionalizou-se em 2004 e conta com mais de 70 criações teatrais e de 22 edições do Festival Internacional de Teatro de Setúbal – “Festa do Teatro”, que teve o Grupo Manuí como uma das atrações em 2019. Entre os participantes brasileiros, alguns destaques são a compositora, cantora e instrumentista Alzira E, irmã da cantora Tetê Espíndola e parceira de nomes como Itamar Assumpção, Alice Ruiz, Tiganá Santana, Jerry Espíndola e Lucina. Suas composições já foram gravadas por nomes como Ney Matogrosso, Zélia Duncan, Virgínia Rodrigues, Simone, Maria Alcina, Fabiana Cozza, entre outros; o músico, compositor e escritor Cristino Wapichana, que teve seu livro “A Boca da Noite” premiado com a Estrela de Prata do Prêmio Peter Pan, do International Board on Books for Young People, da Suécia, e ficou em terceiro lugar na categoria livro infantil do Prêmio Jabuti 2017; as lideranças indígenas Cristine Takua, Carlos Papa e Jera Guarani; o ambientalista Gabriel Bittencourt e muitos outros.

75 visualizações0 comentário

© 2023 por O Artefato. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Instagram B&W