• Alex Fraga

Evento – Músico do MS participa em Londres do “100-Hours Jam” para entrar no Guinness Book

Atualizado: 7 de Jun de 2019

O músico sul-mato-grossense Luís Henrique Ávila que atualmente está morando na Inglaterra participará do “100-Hours Jam” na casa “The Blues Kitchen”. Para comemorar os 10 anos de existência do local, os proprietários tiveram a ideia de fazer uma “Mega-Jam” que vai ter que durar 100 horas.


Para quem não sabe, "Jam" significa tocar sem saber o que vem à frente, de improvisação. Nos clubes de jazz, é comum que, após o número principal, os músicos presentes sejam convidados para subir ao palco e tocar junto com a banda sem nenhum ensaio prévio. Também durante o processo de composição, muitas bandas costumam utilizar Jam Sessions ("sessões de jam") como forma de estimular a criatividade e criar material novo ou para conseguir gravações com interpretações naturais. Jam sessions podem ser organizadas por clubes como eventos especiais para atrair público, mas geralmente ocorrem sem nenhuma preparação prévia. No caso em Londres com a participação de Luis Henrique Ávila, a música vai “rolar” por 100 horas pelo menos, sem parar.


A intenção é de entrar para o Guinness Book off records e também arrecadar fundos que serão doados para duas fundações: a "Help Refugees" que trabalha nos campos de refugiados que existem em toda a Europa, e para "Camden Music Trust" que ajuda músicos e ex-músicos que hoje estão passando por dificuldades financeiras e sociais.

Para "cumprir essa missão" de fazer a música ser ininterrupta por quatro dias e quatro horas, o Blues Kitchen montou quatro equipes e cada uma está responsável por cuidar do palco durante 25 horas. Luís Henrique Ávila fará parte da equipe do Kerim Günes, que é uma dos "músicos da casa" e faz parte da Jam desde que o Blues Kitchen abriu há 10 anos atrás.


"


A nossa equipe vai abrir a Jam, no dia 9 de junho (domingo) e cuidar das primeiras 25 horas de música. Nós estamos responsáveis pelo palco desde o domingo às 20 horas até a segunda-feira, dia 10, até às 21h. Eu como integrante dessa equipe, vou tocar guitarra e também baixo.A minha banda, o Rattlesnake Shake, fará uma participação na Jam (com a formação completa) na segunda dia 10”, comenta o músico.

52 visualizações

© 2023 por O Artefato. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Instagram B&W