• Alex Fraga

Dourados – Grupo de rap indígena Brô MCs, de MS grava com DJ Alok

Um dos melhores DJ do mundo, Alok ficou encantando com o grupo de rap formado em Dourados (Mato Grosso do Sul), o Brô MCs e convidou seus integrantes, Bruno Veron, Charlie Peixoto, Clemerson Batista e Kelvin Peixoto para participar do seu novo álbum. As gravações estão sendo realizadas na capital mineira, Belo Horizonte (MG) e o quarteto está com o artista desde o último dia 8 e encerra os trabalhos nesta quarta-feira (14). Também estão sendo feitas captações de imagens que serão usadas em uma minissérie produzida por Alok.


Informações são de que esse audiovisual tem o objetivo principal de investigar todas as raízes sonoras dos povos originários do Brasil e assim os garotos do Brô MCs. Outros indígenas do país vão também participar desse novo trabalho do Dj. Para criar o grupo de rap, os quatros indígenas guarani kaiowá tiveram que ignorar objeções de dois lados: de um, um público estranho à ideia do ritmo ser apropriado pela etnia; de outro, no interior de seu próprio povoado, com caciques questionando a empreitada. Drogas e álcool e os altos índices de suicídio das aldeias.

Apesar do Brô Mcs ter dividido palco com artistas de renome como Milton Nascimento e ter excursionado pela Europa, não perdeu a simplicidade e suas raízes. As letras são extremamente fortes e realistas. Abordam matança, suicídios, preconceito social, terras “roubadas” da comunidade e principalmente a continuidade de uma incansável luta por espaço.

51 visualizações0 comentário