top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Dourados – Carlos Amarilha em podcasts no “Bovinoletras e Asas Urbanas”

O poeta de Dourados (MS), Carlos Amarilha está com um trabalho extremamente interessante para a cultura literária do Mato Grosso do Sul. É um conjunto de 12 podcasts intitulado “Bovinoletras e Asas Urbanas: poesias da literatura sul-mato-grossense”. Todos narram e declamam poemas que cantam o cheiro do mato, da terra vermelha, dos rios do Estado, os barulhos dos pássaros, lembra o mugido do boi, da vaca dando leite, do tereré, da sopa paraguaia, entre outros ícones de pertencimento das identidades sul-mato-grossenses.


Uma marca dos poemas selecionados é a alegria, até os poemas sociais são como uns toques para a perfeição, para uma sociedade de direitos plenos, em todos os poemas têm uma responsabilidade com a beleza e com o espírito crítico. Os poemas reunidos nos episódios dos podcasts não escapam a criação e criatividade verdadeiramente afáveis da estética poética, do canto pantaneiro e da sociedade fronteiriça.


O objetivo segundo o poeta é de promover a leitura literária, não apenas em livro físico ou e-book, mas também de forma oral, permitindo uma maior acessibilidade de público, de inclusão, além da divulgação de poesias que cantam as identidades sul-mato-grossenses. Os poemas selecionados são do seu próprio livro “Bovinoletras”, que foi contemplado no edital do Prêmio LEIA-MS de 2020 e do livro “Asas Urbanas” de 2019.



Os poemas são marcados pela musicalidade, pela subjetividade, os quais podem ser evidenciados em diversos ambientes, estimulando o exercício da reflexão e da memorização, ao mesmo tempo em que incitam: a oralidade, a criatividade, a imaginação, a iniciação de leituras e gostos literários infinitos. O produto será disponibilizado nas redes sociais da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul para público em geral.

517 visualizações10 comentários

Posts recentes

Ver tudo

10 commentaires

Noté 0 étoile sur 5.
Pas encore de note

Ajouter une note
Carlos Magno Mieres Amarilha
Carlos Magno Mieres Amarilha
05 juin 2021

POEMA, retirado do livro Asas Urbanas


SINTONIA


Do mesmo líquido

Que são feitos os sorrisos

Componho compromissos contigo.

...

Dos mesmos componentes

Que são feitos os domingos

Família futebol amigos

São compostos de você comigo.

...

Da mesma química

Que são feitos as segundas feiras

Agitação fila seriedade perspectiva queira

Não solte a minha mão.

...

O coroado rei de mim

Quer revogar a solidão.


J'aime
Carlos Magno Mieres Amarilha
Carlos Magno Mieres Amarilha
05 juin 2021
En réponse à

Agradeço muito em ter a poesia

com abraço sinceros...

J'aime

Frank Cegildo da Silva
Frank Cegildo da Silva
04 juin 2021

HISTORIADOR, POEMÁTICO, CONTEMPORÂNEO.... E MUITOS MAIS.... MAGNO AMARILHA, SEMPRE INOVANDO EM SEUS PORMAS ! ! ! PARABÉNS ....

J'aime

Elias Ferreira
Elias Ferreira
04 juin 2021

Poeta inovador, contemporâneo e de um talento singular. O podcast é mais uma sacada do Carlos Magno, o poeta de seu tempo.

J'aime

Lélio Loureiro da Silva
Lélio Loureiro da Silva
04 juin 2021

Grande poeta Magno Amarilha, mais uma vez inovando na divulgação da cultura sulmatogrossense. Parabéns pelo belo trabalho.

J'aime

Murilo Vitor Pacheco
Murilo Vitor Pacheco
03 juin 2021

A poesia de Carlos Amarilha imprime umas palavras desabotoadas, fulminantes, imprevisíveis, mágicas, inspiradoras, sublimes - onde a beleza ininterruptamente permanece - Percebe-se no Podcast, o poeta é envolvido pela paixão, pela alegria ou pela tristeza, o poeta concebe as imagens em elocução, mostrando seu combate permanente com a vida de forma magnífica e contagiante. Uma maneira prazerosa de 'literatura', como o próprio poeta afirma: a poesia é uma loucura perdoável.

J'aime
bottom of page