top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Cultura - “Pantanal Território Criativo” realiza pesquisa inédita

Trabalho é da economia dos bens simbólicos no artesanato de Mato Grosso do Sul


“Pantanal Território Criativo – um panorama relacional da economia dos bens simbólicos a partir do artesanato sul-mato-grossense” é uma pesquisa inédita, de autoria do professor e pesquisador cultural, Dr. Adriano Castro, que tem por objetivo desvelar a dimensão econômica da produção do artesanato em 7 munícipios da mesorregião pantanais-sul-mato-grossense: Corumbá, Ladário, Porto Murtinho, Anastácio, Aquidauana, Dois Irmãos do Buriti e Miranda.


O projeto tem apoio do Fundo de Investimentos Culturais (FIC), Fundação de Cultura e Governo do Estado de Mato Grosso do Sul e contempla ações de mapeamento dos arranjos simbólico-criativos do setor do artesanato, a identificação e caraterização do tipo de artesanato produzido na mesorregião do pantanal, além da realização de entrevistas e dimensionamento de variáveis-chave para a dimensão do impacto econômico do setor no território pantaneiro.

O projeto tem coordenação geral de Adriano Castro, doutor em Administração e pesquisador em economia da cultura e criativa. Com amplo repertório de estudos na área, Adriano comenta que a iniciativa tem como foco a importância da dimensão econômica deste setor. “Já existem vários estudos que focalizaram o artesanato sul-mato-grossense. Entretanto, a maioria deles referem-se aos aspectos simbólicos e culturais, ou seja, as influências e referências sócio-históricas. O Pantanal Território Criativo é uma tentativa de mensurar o artesanato pantaneiro em termos predominantemente econômicos e, portanto, contribuir de forma inédita para as políticas públicas de economia da cultura e economia criativa”, finaliza Adriano.


A iniciativa prevê a utilização de bases de dados oficiais para identificação de variáveis econômicas que apontem para o setor do artesanato em termos de comércio exterior, produção e ocupação dos profissionais e empresas inseridas na chamada economia criativa. Um dos destaques da iniciativa refere-se à ação “Vozes do Artesanato Pantaneiro”, que tem por objetivo registrar falas acerca das inspirações e simbologias de cada peça/iniciativa produzida, olhando para o território pantaneiro enquanto fonte criativa do artesanato sul-mato-grossense.


Ao final do mapeamento da produção do artesanato nos municípios situados na região pantaneira, a pesquisa será consolidada em um livro digital, que também será disponibilizado gratuitamente para acesso e download, finaliza o idealizador Adriano Castro.



*** Dr. Adriano Castro

Pesquisador e Consultor em Economia Criativa e Políticas Públicas adrianopcastro@gmail.com www.portalecriativo.com.b

130 visualizações0 comentário

Comentarios

Obtuvo 0 de 5 estrellas.
Aún no hay calificaciones

Agrega una calificación
bottom of page