top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Crítica - Grupo Vozes faz show musical diferenciado e agrada murtinhenses!

Foto - Silvio de Andrade - - -***

Não é fácil estar há anos trabalhando com música em shows e mostrar-se firme em seus propósitos, principalmente com as mudanças constantes de sons, até no "gosto musical" das pessoas. O Grupo Vozes, de Campo Grande (MS), fez a abertura do Festival Vozes na Fronteira, no último sábado em Porto Murtinho e mostrou que ainda vale a pena insistir em fazer um trabalho de qualidade e que servindo assim de referência para outros jovens que pretendem montar uma banda ou grupo com seriedade. O que mais chamou a atenção na apresentação do grupo nesse evento de grande importância para a cultura sul-mato-grossense, foi justamente lindo passeio pelos bons tempos da sonoridade. Aquele som que não dói os ouvidos. O líder do grupo, o músico, cantor e compositor Odon Nacasato sempre foi um perfeccionista, isso é fato. É óbvio que o perfeccionismo pode ser um defeito ou uma qualidade, dependendo da situação. Porém no caso do Odon, ele parte sempre para tomar essas decisões rápidas e sem ser tão flexível, já que sabe que pode atrapalhar até mesmo a dinâmica de todo um processo. Com esse show, até porque estava em jogo a gravação de um DVD, ele procurou passar para os músicos, toda a seriedade musical como realmente estivessem em um estúdio. Assim, o Grupo Vozes passeou com belas canções autorais ( o que é de extrema importância), a até outros sucessos de qualidade, como trazer a música do Boca Livre a qual há anos não ouvia. Mas, Odon por sua vez, acrescentou grandes músicos para acompanhar nesse evento, e com certeza não tinha como não sair um belo show. Um time formado com Simão Gandhi (excepcional guitarrista), e outros renomados como Carlos Batera (um dos principais do MS), Adriano Praça, Gustavo, Luis Sayd, Tião Cesar, Jadiel Erik, Fabio Correa e a jovem estreante Josi Felipetto, fizeram um show lindo e que com certeza deixou um ótimo cartão de visita ao povo murtinhense! São esses momentos é que podemos dizer que vale a pena insistir em mostrar boas músicas para as pessoas. O show poderia ser mais curto? Sim, pois é um festival onde há outras atrações. Mais isso pode ser revisto para o próximo. Acredito que quando há um evento assim, com outras bandas e músicos, um show de 45 minutos seria perfeito para deixar aquele "quero mais". Mas valeu e muito ouvir o Grupo Vozes!!!

213 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page