top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Crítica - Toti Morel: um gênio que desfilou seu talento no Bonito Blues & Jazz Festival

Fotos: Growth Comunicação

Acredito que toda pessoa que não é paraguaia e que gosta de música boa, tem um pouco de "inveja" por saber que o baterista Toti Morel não nasceu em outro país, como no Brasil, países da América do Sul, Europa, África e Ásia. Ah, uma pena que ele não é brasileiro. Por outro lado, a sensação que tive após assistir o espetáculo musical que esse artista deu quando da apresentação no Bonito Blues & Jazz Festival, fechando a segunda noite do evento no Selina Hotel, na cidade de Bonito (MS), é que os paraguaios têm razão de sentir-se orgulhosos de ter um artista tão sensível e mágico ao toque de suas baquetas. Fazer o difícil ser simples só cabe às grandes lendas. Toti mostrou isso desde o início quando tocou a canção La Jornada, de Juan Manuel Acevedo. Em seguida, Autumn Leaves, de autoria do compositor húngaro naturalizado francês, Joseph Kosma com o poeta francês Jacques Prévert. Muita técnica e qualidade de um baterista que com certeza está entre os melhores de toda a América Latina. Toti desfilou com leveza em cada passagem e nota, em um ritmo que poucos o fazem. Mas, por não ser um músico comum, ele mostrou um trabalho autoral intitulado Trozata en Am. Pura sensiblidade ao vivo. O músico colocou asim a todos, que não é necessário manter o som dos tambores alto para que chegue aos corações. Basta leveza... Na sequência maravilhosa, chegou com Viage Paralelo, de Josías Montania - aliás essa canção já havia escutado com o Majuja Trio, justamente onde sua filha toca, Julieta Morel (bateria - puxou o talento do pai). As duas últimas músicas foram, Barro tal vez, de Luis Alberto Spinetta, e encerrou com mais uma autoral chamada, Marcación sobre Ayolas (mostrando mais uma vez o porque é considerado a grande lenda do Paraguai na bateria). Ouvir Toti Morel no Bonito Blues & Jazz Festival foi na realidade ter uma noite inesquecível. Vale ressaltar também a participação da cantora e dançarina, Gloria Morel (também filha de Toti, que mostrou seu grande talento - canta muito bem e encanta), a contrabaixista Paula Rodríguez e a tecladista Magalí Benítez, ambas da Band'Elaschica. Excelentes artistas. O show foi algo único que foi compartilhado com outras pessoas que foram privilegiadas em assistir esse músico. Toti Morel e suas filhas deixaram saudades e com certeza esperamos que retornem ao Brasil para fazer diversas apresentações, pois os brasileiros merecem ouvir coisas de qualidade como apresentaram em Bonito. Toti Morel é pura genialidade !

333 visualizações2 comentários

2 коментарі

Оцінка: 0 з 5 зірок.
Ще немає оцінок

Додайте оцінку
Fernando Fernandez
Fernando Fernandez
14 черв. 2023 р.

Leyenda viviente extraordinario ser humano mis respetos! A quien le importa dirías jajajaj un abrazo!

Вподобати

Daniel Magela
Daniel Magela
13 черв. 2023 р.

Que noite maravilhosa!!!! Belas palavras!!! Magela.

Вподобати
bottom of page