• Alex Fraga

Crítica/Exposição - Obra de Pedro Guilherme é singular e diferenciada

Ponto negativo na inauguração da "Mato Grosso dos Sonhos" foi mais uma vez a ausência de artistas, (apenas dois estiveram presentes). Triste realidade e descaso com companheiro das artes. Ponto positivo, foi presença do secretário da Sectur e do prefeito municipal que apoiaram o evento.


Auguste Rodin disse que "a arte é a contemplação, é o prazer do espírito que penetra a natureza e descobre que a natureza também tem alma". É assim que todos aqueles que tiverem oportunidade de ver a exposição "Mato Grosso dos Sonhos" do artista visual Pedro Guilherme, sentiram. Inaugurada ontem quarta-feira (8), em mais uma edição do projeto "Arte do Paço", na Prefeitura Municipal de Campo Grande e prosseguirá por 30 dias. A técnica usada pelo artista, acrílica sobre tela mostra 12 quadros sobre a temática que ele há anos vem desenvolvendo, que é sobre os peixes dos rios de Mato Grosso do Sul. Os coloridos da piraputanga, dourado, pacu, cachara são algumas das espécies que Pedro Guilherme mostra com tanta sensibilidade. Trabalhos que merecem estar em uma sala de qualquer pessoa que admira um trabalho de arte com excelência. Acredito que o local onde estão expostos os quadros foi extremamente estratégico, (próximo ao gabinete do prefeito), ou seja, acredita-se que políticos, empresários possam pelo menos adquirir uma obra desse genial artista do Estado. Por sua vez, infelizmente como parece que é de praxe, a ausência de artistas visuais ou de outras áreas foi um ponto negativo na abertura da exposição. O mais engraçado é que eles próprios reclamam do não apoio pelos órgãos governamentais, mas no entanto, não comparecem nos eventos dos companheiros de arte. Uma triste realidade e que deve ser mudada radicalmente, pois se não existe união, "não há solução" na luta pela valorização da arte. Ressalta-se o lado positivo, a presença (que alias é algo constante nos eventos) do secretário municipal de Cultura e Turismo, Max Freitas. Raras vezes vi alguém ligado à Cultura sempre estar apoiando "in loco" constantemente. Outro ponto que deve ser registrado sempre, já que muitos artistas evitam até mesmo elogiar posições daqueles que estão no cargo de dirigente cultural. O próprio prefeito Marquinhos Trad, apesar dos outros compromissos, esteve na inauguração apoiando o trabalho. É aquilo, necessário elogiar posições certas de políticos e criticar quando se é necessário. "Mato Grosso dos Sonhos" com certeza deve ser vista por todos e que as 12 obras sejam adquiridas, principalmente por vereadores e outros políticos que sempre estão falando em arte, mas no entanto, poucos deles têm uma obra de um artista sul-mato-grossense em casa. Vale a pena conferir!


98 visualizações0 comentário