• Alex Fraga

Crítica - Dupla Luis Goiano e Gircel da Viola mostra a riqueza do sertanejo raiz!


Dupla Luis Goiano e Gircel da Viola faz a autêntica música sertaneja.

Foto: Thiago Costa

Nesses meus 38 anos de jornalismo jamais quis escrever uma crítica sobre a música sertaneja. Preconceito ? Não! Em minha infância ouvi muito o gênero da moda de viola, diferentemente do que se ouve muito agora: o "tal sertanejo universitário" que sinceramente, é um verdadeiro tiro na cabeça daqueles que apreciam a boa música caipira. E por essas misturas de gêneros, sempre preferi deixar de lado e simplesmente não ouvir, já que o gosto não se discute. É opção. Por isso quando do surgimento do tal "universitário" deixei de lado para evitar qualquer discussão com certas pessoas que acham que isso é música, que para esse jornalista é chamada de MIB - (Música Imbecil Brasileira). Mas há milhares que adoram. Fazer o que ? No meu caso - não ouvir. Mas na semana passada rompi uma pequena barreira e fui ouvir a dupla Luis Goiano e Gircel da Viola (de Camapuã-MS) em plena quarta-feira no Refúgio Escritório Bar, a convite do músico Paulinho Manassés. Isso mesmo!. Gostaria de ouvir moda de viola, que acho que contêm algumas das mais belas expressões musicais brasileiras. Nada a ver com a tal MIB. O interessante é que ao ouvir essa dupla, fez com que eu pudesse recordar das coisas boas da minha infância e adolescência. Um profissionalismo incomum. O que essa ela tocou foi justamente aquilo que acredito que realmente seja a verdadeira e autêntica música sertaneja. Aquela que conta histórias que envolvem sagas dos boiadeiros, mundo do campo, as histórias de amor e também as trágicas. Um gênero musical que passa por emboladas, marchas, toadas, cururus, pagode tipo Tião Carreiro e mundo a fora. Essa viola com seu ponteado e que deixa todos encantados. Luis Goiano e Gircel da Viola fazem o som raiz que qualquer pessoa que aprecia a boa música, com certeza gostará. Esse gênero que surgiu em suas primeiras gravações a partir de 1929 ("Jorginho do Sertão", adaptação do folclore paulista), após o pioneiro trabalho de Cornélio Pires, com destaque para as duplas Mandi e Sorocabinha, Zico Dias e Ferrinho, Caçula e Marinheiro, Laureano e Soares, e mais tarde Tonico e Tinoco, Torres e Florêncio, Tião Parreiro e Pardinho . Esse sim, é o verdadeiro som sertanejo que deveria estar sempre tocando nas rádios, TVs, bares... Essa é a música que presta e não a dita universitária. A dupla Luis Goiano e Girsel da Viola mostra em suas apresentações, que merece toda a atenção do público. Qualidade impecável e que deixa saudade da roça, das coisas simples e dos amores infinitos. Ouvir essa dupla foi relembrar da minha história no interior e saber que essa Cultura deve ser passada por gerações sempre. Não deixar morrer!. Moda de viola é tradição. É Cultura. Se assistiria outras apresentações da dupla? Obviamente que sim e convidaria amigos! Vale a pena ouvir esses sertanejos autênticos.