• Alex Fraga

Crítica – Duas sessões lotadas e produção impecável no show ABBA The History

Há produções musicais que temos que elogiar sempre quando são levadas com muita responsabilidade. No último fim de semana no Palácio Popular da Cultura, mais uma vez Pedro Silva Produções e Jamelão deram esse prazer para os campo-grandenses de se sentirem saudosistas com a apresentação do grupo ABBA The History (cover brasileiro) que encantou a todos com as belas canções que são eternizadas. Foram duas sessões que lotaram completamente as dependências do teatro.


Produzir espetáculos em Campo Grande é extremamente complicado. É necessário persistência e profissionalismo, o que mais uma vez Pedro Silva e Jamelão mostraram desde a chegada do público como também os horários pré-determinados para o início do espetáculo. Iluminação perfeita e também o grupo formado por Andressa Leme (Agnetha), Diego Sena (Björn), Jheff Saints (Benny Anderson) e Paty Andrade (Anni-Frid) não deixaram por menos e agradaram com suas vozes afinadíssimas e figurinos impecáveis. Uma banda de fundo bem antenada e com grandes músicos.


Todos os sucessos esperados pelos fãs que foram relembrar do ABBA foram tocados: Watterloo, Money Money Money, Super Trouper, Gimme Gimme Gimme, SOS, One Of Us, Happy New Year, Knowing Me Knowing You, além das tão mais famosas como Mamma Mia, Chiquitita, Fernando e encerraram como nada menos do que Dancing Queen que levou o público a levantar-se e danças como na grande época dos anos 80. A alegria ficou estampada em todos e com aquele desejo de quero mais e muito mais.


O grupo brasileiro cover fez um trabalho perfeito lembrando o quarteto formado em Estocolm em 1972, mas como muitos sabem só tiveram fama internacional depois de vencerem a edição de 1974 do Festival Eurovisão da Canção. Desde então, o ABBA ganhou popularidade empregando ritmos cativantes em suas canções, com letras simples e um som único, caracterizado pela harmonia das vozes femininas e da técnica waal of sound, efeito criado pelo produtor musicalPhil Spector,. Björn e Agnetha casaram-se meses antes da formação do quarteto, enquanto Benny e Frida casaram-se apenas em 1978; os quatro lidaram com obrigações artísticas ao mesmo tempo que se ocupavam com as suas novas famílias. As suas gravações tiveram um impacto comercial, facto que levou o grupo a tornar-se o mais bem sucedido da gravadora Univesal Music Group, e ser a banda que mais vendeu discos nos anos 1970. O ABBA foi o primeiro grupo pop europeu a fazer sucesso em países anglófonos fora da Europa, principalmente na Australia, Nova Zelândia, África do Sul, e em menor proporção, nos Estados Unidos.



São produções dessas e apresentações com profissionalismo que necessitamos em Mato Grosso do Sul. Sem qualquer decepção por aqueles que gostam de música, mesmo sendo um trabalho em cover. Mas por sua vez, a proposta tem que ser como a que foi: produção e profissionalismo impecáveis. A única falha e continua sendo algo constante em Campo Grande são pessoas que chegam atrasadas nos espetáculos. Algumas entram no teatro em até 40 minutos após o início da apresentação. Que tenham consciência e não atrapalhem os próprios produtores do evento e cheguem mais cedo. No mais, tudo perfeito!

0 visualização

© 2023 por O Artefato. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Instagram B&W