• Alex Fraga

Cinema - Documentário sobre o Grupo Acaba será exibido neste sábado em Corumbá

Neste sábado, a partir das 19 horas, no Sesc Corumbá, o melhor representante da música regional pantaneiro do Mato Grosso do Sul, Grupo Acaba será a grande atração através do documentário "50 Anos do Grupo Acaba" que tem a direção de Fábio Flecha e produção de Tania Sozza; A obra aborda o legado de anos de ativismo do grupo musical pela causa da preservação ambiental, defesa de nossas raízes culturais e povos indígenas, bandeira defendida pelos músicos do ACABA desde a formação.


Através de uma viagem ao Pantanal de Porto Esperança, onde os precursores do grupo, os irmãos Moacir e Chico Lacerda nasceram, será mostrada a origem do amor ao bioma pantaneiro, cantado em verso, prosa e inesquecíveis melodias do grupo que hoje são parte da identidade cultural de Mato Grosso   do Sul. Nessa viagem, são encontrados depoimentos de notáveis da música e da cultura pantaneira, pessoas que acompanharam a carreira do Grupo ACABA. Participaram desta obra cinematográfica nomes como Paulo Simões, Jerry Espíndola, Guga Borba, Alex Fraga, Oscar Rocha, Celito Espíndola, Marcelo Loureiro, Zé Geral, Rodrigo Teixeira, Miska Tomé Maestro, Nillo Cunha, Seu Agripino, Cururueiros, Dançarinos de Siriri do Moinho Cultural e outras personalidades de Mato Grosso do Sul.



Este trabalho que teve início em 2015 a partir do convite do Grupo através deMoacir Lacerda, como parte das comemorações dos 50 anos de formação da Associação dos Compositores Autônomos do Bairro Amambai, que aconteceu no em 2016. Os produtores buscaram a viabilização do filme através de um projeto de patrocínio da Lei Rouanet, que foi apresentado a várias empresas que atuam em MS. Foi selecionado entre vários outros projetos no Brasil pelo Grupo Energisa que acreditou e patrocinou a produção.

Na produção foram feitos videoclipes inéditos produzidos especialmente para o documentário. Integraram a formação do Grupo Acaba durante as gravações, Adriano Praça de Almeida, Alaor Pereira de Oliveira, Antônio Luiz Porfírio, Carlinhos Batera, Chico Lacerda, Douglas Santos, Jairo Henrique de Almeida Lara, José Luis Charbel, Luiz Sayd, Moacir Lacerda, Vandir Nunes Barreto, Vera Gasparotto e Tião Cesar. Estiveram envolvidos na produção, mais de 150 profissionais e 15 empresas de forma direta e indireta, todos de Mato Grosso do Sul. A Secretaria de Estado de Cultura e Cidadania e a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul também apoiaram o projeto.

0 visualização

© 2023 por O Artefato. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Instagram B&W