• Alex Fraga

Cinema – Documentário “Apocalipse no Cerrado” em festival internacional


O documentário “Apocalipse no Cerrado”, do carioca Marcelo de Paula, que assina o roteiro, a fotografia e a direção e Carla Mendes na produção, áudio e edição, foi selecionado para a 9ª Edição do FriCine - Festival Internacional de Cinema Socioambiental de Nova Friburgo, no Rio de Janeiro. Para se ter uma ideia da dificuldade da Seleção, ele está entre os 111 filmes (curta, média e longa-metragem) de uma lista de 2.230 produções, divididas entre 107 países participantes. Equivalente apenas a 5% de todos os filmes inscritos.


Marcelo de Paula e Carla Mendes sempre estão no Mato Grosso do Sul e já fizeram vários documentários e filmes sobre a região através da empresa Código Solar Produções., como por exemplo o longa-metragem “Pantanais dos Pantanais”, que envolveu no trabalho a filha dos dois, Morgana, na época com oito anos, que também captou diversas imagens com a câmera dela. A família saiu em uma expedição de dois meses por 11 sub-regiões do Pantanal, entre os Estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Também fizeram um documentário sobre o carnaval de Corumbá (MS).


O documentário Apocalipse no Cerrado é o 5º média-metragem é o 25º filme na carreira da Código Solar. Um filme independente impactante, que versa sobre a dura realidade da devastação do Cerrado, um dos mais ricos ecossistemas do Brasil e do mundo. Apocalipse no Cerrado é um filme denúncia que vai de encontro aos objetivos do festival, ou seja, mostrar, sob a ótica do cinema, os inúmeros problemas socioambientais do nosso Planeta. Devido a Pandemia do Covid-19, a 9ª Edição do FriCine, que aconteceria em 2020, foi adiada para o primeiro trimestre de 2021.

70 visualizações0 comentário

© 2023 por O Artefato. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Instagram B&W