top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Cinema - Bonito Cinesur tem inscrições abertas para Mostras competitivas



Festival que vai acontecer no mês de julho, em Bonito, premiará R$50 mil em prêmios a vencedores - - - - -****


***Theresa Hilcar - - -


Diretores e produtores de filmes sul-americanos e sul-mato-grossenses já podem inscrever seus filmes no Bonito Cinesur – Festival de Cinema Sul-Americano 2024, que acontecerá entre os dias 20 e 27 de julho na cidade de Bonito, no Mato Grosso do Sul. Podem se inscrever filmes de longa e curta metragem (de até 20 minutos) sul-americanos concluídos nos anos de 2023 e 2024 e inéditos em circuito nacional. A novidade é a inserção dos filmes ambientais – que anteriormente estavam na Mostra Ambiental – na mostra competitiva. Esta é a segunda edição do Festival que tem como um dos objetivos tornar a cidade de Bonito (e o estado do Mato Grosso do Sul) um polo importante de difusão e debate da produção cinematográfica contemporânea do continente. Para se inscrever, os interessados devem acessar bonitocinesur.com.br.



Neste ano, o festival terá novas Mostras Competitivas (Melhor Filme Longa Metragem Ambiental Sul-americano e Melhor Filme Curta Metragem Ambiental Sul-americano) e premiação no total de R$ 50 mil divididos nas seguintes categorias:

- Prêmio do Júri Oficial de Melhor Filme Longa Metragem Sul-americano: R$ 20.000,00 e Troféu Pantanal

- Prêmio do Júri Oficial de Melhor Filme Curta Metragem Sul-americano: R$ 7.500,00 e Troféu Pantanal

- Prêmio do Júri Oficial de Melhor Filme Sul-mato-grossense: R$ 7.500,00 e Troféu Pantanal

- Prêmio do Júri Oficial de Melhor Filme Longa Metragem Ambiental Sul-americano: R$ 7.500,00 e Troféu Pantanal

- Prêmio do Júri Oficial de Melhor Filme Curta Metragem Ambiental Sul-americano: R$ 7.500,00 e Troféu Pantanal

Além das premiações:

- Prêmio do Júri Popular de Melhor Filme Longa Metragem Sul-americano: Troféu Pantanal

- Prêmio do Júri Popular de Melhor Filme Curta Metragem Sul-americano: Troféu Pantanal

- Prêmio do Júri Popular de Melhor Filme Sul-mato-grossense: Troféu Pantanal

- Prêmio do Júri Popular de Melhor Filme Longa Metragem Ambiental Sul-americano: Troféu Pantanal

- Prêmio do Júri Popular de Melhor Filme Curta Metragem Ambiental Sul-americano: Troféu Pantanal


A segunda edição do festival conta também com outros eventos além de exibição de filmes, como discussões visando acordos internacionais, debates, oficinas de roteiro, produção executiva, assistência de direção, desenvolvimento de projeto cinematográfico e apresentações musicais. Em 2023, o Festival enriqueceu o calendário cultural da cidade, do país e do continente com a exibição de 45 filmes de 12 países da América do Sul e a participação das 26 instituições públicas e privadas que se envolveram no projeto. O Bonito CineSur também fomentou a economia criativa local com a contratação de profissionais de produção, equipamentos técnicos e de inúmeros serviços de hotéis, restaurantes e transporte terrestres e aéreos.


Além disto o evento conquistou os bonitenses que compareceram em massa às sessões na sala de cinema instalada no Centro de Convenções. Para boa parte do público, foi a primeira experiência de estar no escurinho do cinema. Este entusiasmo contagiou sobremaneira as autoridades presentes na noite de encerramento. O deputado federal Vander Loubet, autor da emenda parlamentar que viabiliza a realização do Festival.



Realização: Associação Amigos do Cinema e da Cultura - A Associação Amigos do Cinema e da Cultura é uma entidade privada sem fins lucrativos, fundada em 2007, que desenvolve projetos culturais, educacionais e de formação há mais de 15 anos. Entre as atividades realizadas, destacam-se os projetos Cinesurdo; Vídeo Índio Brasil; A Escola no Cinema; Diálogos Contemporâneos; Circuito Popular de Cinema do Ceará; e Cinema nas Escolas.


Sua experiência e capacidade técnica para o desenvolvimento e realização de atividades na área do cinema, bem como em formação, educação e cultura em geral, já foram atestadas pela Comissão de Educação, Saúde e Cultura da Câmara Legislativa do Distrito Federal e pela Universidade de Brasília.

Nilson Rodrigues: Diretor do Festival

Produtor dos filmes “O outro lado do paraíso”, de André Ristum (2014), e “O pastor e o guerrilheiro”, de José Eduardo Belmonte (2023). Foi diretor do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro (1995, 1997, 1998 e 2011) e do Festival Internacional de Cinema de Brasília – Brazilian International Film Festival (2012 a 2017).

José Geraldo Couto: Curador da Mostra de filmes sul-americanos de longa e curta metragem. É jornalista, tradutor e crítico de cinema. Trabalhou por mais de 20 anos no jornal Folha de S. Paulo. Atualmente é colaborador do Instituto Moreira Salles. Traduziu obras literárias de Henry James, Norman Mailer, Truman Capote, Martin Scorsese e Nelson Mandela, entre outros.

Elis Regina: Curadora da mostra cinema ambiental. Jornalista, já atuou em diversas curadorias, como: Mostra Cine Comitiva no Festival Comitiva dos Chefs (2019); Exposição Making Of – O Cinema Está Aqui – Festcine América do Sul (2014); Exposição A Imagem do índio – Vídeo Índio Brasil (2014 e 2015); Festival Comida em Movimento – Cinema e Gastronomia (2023).


*** É jornalista


Bonito CineSur - Festival de Cinema Sul-Americano 2024

Data: de 20 a 27 de julho de 2024

Local: Centro de Convenções de Bonito e Câmara Municipal de Bonito


44 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

2 Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Guest
Mar 17
Rated 5 out of 5 stars.

Tenho um novo trabalho. Vou me inscrever.


Gustavo Henrique - Cuiabá MT

Like

Guest
Mar 17
Rated 5 out of 5 stars.

Maravilha! Cinema é tudo.

Alexandre Nogueira

Goiânia - GO

Like
bottom of page