top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Chá Acadêmico - “Literatura e Música em MS” é o tema na ASL nesta quinta-feira


“Literatura e Música em MS: Ressonâncias Polifônicas” é o tema do Chá Acadêmico do mês de setembro da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras - ASL, abordando um mapeamento de obras fonográficas cujas bases discursivas calcam-se em textos literários, e obras literárias que se originam a partir de canções. O evento será realizado nesta quinta-feira, (28), às 19h30min, em atividade presencial no auditório da sede da instituição, na avenida 14 de julho, 4653, nos Altos do São Francisco – com entrada franca.


O ministrante é o professor universitário Alan Silus, com formação em Letras e Pedagogia, Especializações nas áreas de Letras e Educação, Mestrado e Doutorado em Letras com pesquisas voltadas à Literatura e a Música de Mato Grosso do Sul. Tradicionais neste ano de 2023, o Chá Acadêmico terá também a continuidade dos projetos “Arte na Academia” - entre a ASL e a Confraria Sociartista, que estará realizando exposições de artes visuais - e “Música Erudita e suas Fronteiras”, realizado em parceria pela ASL e a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.


A palestra do Chá Acadêmico do mês objetiva demonstrar, partindo de um mapeamento de textos que foram transformados em canções e de canções que foram transformadas em textos, como esses dois campos se interligam e corroboram para construção da identidade cultural de Mato Grosso do Sul. Alan Silus é um grande interessado pela temática sobre a Cultura do Estado; estuda além das questões líteromusicais de MS, as artes plásticas e a história da educação sul-mato-grossense.


CONFRARIA SOCIARTISTA E UFMS - A exposição da Confraria Sociartista terá como tema “Cores do rio, cores da terra”, com a participação de dois de seus artistas visuais, Pedro Guilherme e Ana Luiza. Pedro Guilherme é pintor e escultor, autodidata em artes plásticas, professor de artes desde a década de 90; participou de diversas exposições coletivas e individuais, com premiação internacional e diversas nacionais, realizando várias obras muito conhecidas e que fazem parte do acervo público de Campo Grande e do Interior do Estado de mato Grosso do Sul, como a Escultura do peixe “Cará”, dentro da Lagoa Itatiaia, e “O Beijo”, no Lago do Amor.


Ana Luiza Martins tem a simplicidade como característica bastante explorada em suas obras, bem como a palheta de cores, bem diversificada. Suas criações são baseadas na observação da natureza, na releitura de imagens, nas experiências vividas e na fotografia, pois gosta de fotografar cenas urbanas e rurais. A maioria dos seus trabalhos é desenvolvida em óleo sobre tela, embora trabalhe também outro estilos.


Com sua temática “Música Erudita e suas Fronteiras” - dentro do projeto Movimento Concerto, da UFMS -, realizado em parceria pelas ASL e Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, a apresentação abordará Villa-Lobos, Yann Tiersen e António Vivaldi, interpretadas pelos músicos Edison Verbisck (violino), Lenilde Ramos (acordeon) e Ricardo Vantuir (viola caipira). Edison Verbisck é violinista e professor do Curso de Música da UFMS, com Mestrado e Doutorado em Portugal. Lenilde Ramos é escritora, musicista/compositora e ativista cultural, imortal da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras. Ricardo Vantuir é músico convidado.


Serviço

Roda Acadêmico da ASL “Literatura e Música em MS: Ressonâncias Polifônicas”

Dia 28 de setembro de 2023, às 19h30min

(Com os projetos “Música Erudita e suas Fronteiras”, com a UFMS; e “Arte da Academia”, com a Confraria Sociartista)

Auditório da ASL, Rua 14 de Julho, nº 4653 (Altos do São Francisco) Entrada franca, evento presencial

(Assessoria ASL)


21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page