top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Bonito - Última noite do Blues Jazz Festival tem som da Argentina, MS e RJ

Atualizado: 12 de jun. de 2023

ÚLTIMA NOITE DO BONITO BLUES & JAZZ FESTIVAL NESTE SÁBADO

Neste sábado (10), encerra mais uma edição do Bonito Blues & Jazz Festival com a participação de músicos da Argentina, Mato Grosso do Sul e Rio de Janeiro. A partir das 21 horas, o palco do Selina Hotel estará recebendo o guitarrista argentino Rula Cancino com sua banda Y Los de la Esquina, o projeto Mato Grosso do Blues liderado pelo músico Luis Ávila que atualmente reside em Londres e por fim um dos principais nome dos blues no país, o carioca Big Gilson.


O projeto do 10º Bonito Blues & Jazz Festival, do Instituto Internacional Visão de Vida, de Bonito (MS) foi aprovado pelo Fundo de Investimentos Culturais da Fundação de Cultural de Mato Grosso do Sul (FIC/MS) e Governo do Estado, sendo a organização a cargo do produtor, Afonso Rodrigues Jr. Participam neste 10º ano, as seguintes bandas e artistas: Band`Elaschica (Paraguay), Big Gilson (Rio de Janeiro), Boldrini Quarteto (Paraná), El Trio (Mato Grosso do Sul), Luis Avila & Friends (músico residindo em Londres e que estará tocando com amigos do MS), Walter Pinheiro (São Paulo), Rula y Los de la Esquina (Argentina), o lendário baterista Toti Morel Y Flia (Paraguay) e VPL Blues (Paraguay).


Atrações deste sábado - A abertura do último dia do Bonito Blues & Jazz Festival será com o guitarrista argentino Jorge Rula Marcial Cancino, mais conhecido por Rula Cancino que estará com a Y Los de la Esquina. Esse ano o músico completa 25 anos de trajetória com a banda. Rula nasceu em Montecarlo e seu primeiro contato com a guitarra foi aos 12 anos quando começou a aprender guitarra espanhola. Aos 17 anos mudou-se para Buenos Aires onde iniciou os estudos na Universidade de La Plata. ELe fez também teatro e em 1993 trabalhou como ator em televisão. No entanto a música sempre esteve presente onde tocava em vários bares da cidade. Ganhou um concurso de blues como solista e devido a grande repercussão conseguiu ter espaço na midia nacional. Em 1997 retornou a Montecarlo e formou Rula Y Los de la Esquina. É considerado uma dos maiores nomes do blues argentino.


A segunda atração da noite ficará a cargo do projeto Mato Grosso do Blues, trabalho esse liderado pelo guitarrista Luis Ávila que morou por muito tempo em Campo Grande (MS) e participou de várias bandas. Atualmente reside em Londres. Essa apresentação será muito especial onde a banda irá homenagear três grandes nomes do blues sul-mato-grossense que falaceram: Zé Pretim, José Boaventura e Renato Fernandes. O próprio Luís Ávila tocou por muito tempo com o lendário Zé Pretim e esteve presente nas horas mais difíceis do genial artista. A banda é formada por artistas do Estado e que se conhecem há algum tempo.


Encerrando o Bonito Blues Jazz Festival será a vez de um dos principais guitarristas de blues do país, o carioca Big Gilson. Ele começou sua história na música com a saudosa banda Allambik nos anos 90 e logo ganhou relevância internacional quando assinou com a gravadora texana TopCat. Nos Estados Unidos, além de gravar discos, Big Gilson tocou nos maiores palcos do estilo e chegou a abrir shows de alguns dos seus ídolos como Chuck Berry, Johny Rivers, Johny Winter e o rei BB King do qual, segundo Big, recebeu o maior elogio em toda sua carreira: “… Quando vejo um jovem tocando blues tão bem assim e tão longe da América, sinto que minha missão nesta vida está cumprida…”.


58 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page