• Alex Fraga

Atriz – Teatro do MS deve muito à Cristina Mato Grosso

Atualizado: Mar 28

No Dia Mundial do Teatro que se comemora em 27 de março, apesar do Mato Grosso do Sul ter grandes representantes e até alguns que se destacaram no cenário nacional e internacional, não de pode deixar “passar no esquecimento”, uma das melhores e mais importante atriz e dramaturga do Estado: Maria Cristina Moreira de Oliveira, ou seja, mais conhecida como Cristina Mato Grosso.


Fundadora nos anos 70 do Grupo GUTAC, é referência na área para a maioria dos artistas da área teatral. O Grupo Teatral Amador campo-grandense (Gutac), foi criado em 1971e passou a se utilizar de outra entidade, o "Instituto de Educação e Cultura Conceição Freitas (Inecon)" e ampliou seu espaço pedagógico e teatral. O Gutac já ganhou vários prêmios de teatro como o prêmio Funarte-Petrobras (Montagem Cênica), com a peça "Balada de Amor no Sertão".

Há alguns anos anos que está afastada dos palcos para o grande público, no entanto ninguém pode deixar de esquecer a importância do trabalho que essa atriz tem para o Mato Grosso do Sul assim como Jair Damasceno, Conceição Leite, Roberto Figueiredo. entre outros. Necessário valorizar e não abandonar. Fazer homenagens após o falecimento de um artista é como tentar regar uma planta morta há mais de uma semana: não há retorno. Necessário que os órgãos culturais olhem com mais carinho e atenção.


Para quem não sabe, o Dia Mundial do Teatro foi criado em 1961 pelo Instituto Internacional do Teatro (ITI), data da inauguração do Teatro das Nações, em Paris.O marco principal do surgimento do teatro foi a reunião de um grupo de pessoas em uma pedreira, que se reuniram nas proximidades de uma fogueira para se aquecer do frio.A fogueira fazia refletir a imagem das pessoas na parede, o que levou um rapaz a se levantar e fazer gestos engraçados que se refletiam em sombras. Um texto improvisado acompanhava as imagens, trazendo a ideia de personagens fracos, fortes, oprimidos, opressores e até de Deus e do diabo, segundo conta Margarida Saraiva, da Escola Superior de Teatro e Cinema, de Portugal.


Mato Grosso do Sul deve sim muito à Cristina Mato Grosso. E viva os artistas !

102 visualizações1 comentário

© 2023 por O Artefato. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Instagram B&W